Roraima pede Força Nacional; detentos do semiaberto ficam em prisão domiciliar – O Combatente