Discussão sobre reforma do ensino médio deve ser prioridade – O Combatente