As reformas que o Brasil tanto precisa:

1 – Reforma da previdência.
2-  Reforma trabalhista.
3 – Reforma judiciária.
4 – Reforma tributária.
5 – Reforma da educação.
6 – Reforma do sistema carcerário.
7 – Reforma política.
8 – Reforma da saúde.
9 – Reforma da segurança.
10 – Reforma dos transportes.
11 – Reforma da reforma agrária.
12 – Reforma de tudo que se fez até aqui…

Todas essas reformas não resolverão os nossos problemas, apenas sinalizam para um bom entendedor, de que não bastarão reformas e sim só uma transformação cultural, colocará o Brasil nos trilhos do crescimento econômico, na independência social do seu povo, do respeito ao outro e principalmente da ética na condução administrativa dos governantes.
Tudo o que foi apresentado até agora, não passam de paleativos temporários com prazos de validade já já deteriorados. E aí, num próximo governo será necessário mais reformas e mais reformas para reformarem o já reformado. Ou encaramos e elaboramos, e implantamos já, um projeto de “transformação”  e sustentabilidade de um novo sistema administrativo governamental, ou não temos saída. Brasília, os estados e os municípios estão loteados pelo corporativismo. Isso em todos os níveis hierárquicos do início ao fim da pirâmide, ou vice versa.  Os protocolos regimentais criados dentro da administração pública, são muito frágeis para enfrentarem a ganância dos grupos economicos e políticos  representados dentro dos poderes legislativo, executivo e judiciário.
A principal causa, o principal objetivo de uma administração pública, que é a busca de uma sociedade mais justa e próxima, para todo o nosso povo, se perde depois de democraticamente eleita pelo voto popular obrigatório e aceita ser traída publicamente por cada um pacato cidadão brasileiro que assiste pacificamente a sua degola.
Ou se enfrenta os problemas com clareza e solução ou faz….reformas. E aí, vamos fazendo de conta.
Ivan Rocha.

Comentários

comentários