O falastrão dissimulado, vereador Jabá, prefeito Carlos Borges e o Judiciário – O Combatente