Anderson Pereira do Singeperon quer garantir convocação de socioeducadores – O Combatente