Com a notícia anunciada da garantia do repasse de mais de 20 milhões da Santo Antônio Energia para a revitalização efetiva do Complexo Ferroviário, a Associação dos Ferroviários da Estrada de Ferro Madeira Mamoré (AFEMM) e a Associação dos Amigos da Madeira Mamoré (AMMA), estarão se reunindo com o prefeito de Porto Velho-RO Hildon Chaves (PSDB), no próximo dia (06) de fevereiro, para receber do presidente da AMMA, o arquiteto Luiz Leite de Oliveira, o mega projeto arquitetônico de revitalização dos oito (8) quilômetros do complexo ferroviário, como diz no Decreto do IPHAN 231, que cita a Estação Central do Pátio Ferroviário até a Igreja de Santo Antônio.

Para o vice-presidente da Associação dos Ferroviários da Estrada de Ferro Madeira Mamoré, George Telles de Menezes, o Carioca, os primeiros avanços na revitalização na luta pela conservação e revitalização do patrimônio Tombado é a resposta de anos de lutas travadas em conjunto com MPF e MPE.

— Esse projeto do presidente da AMMA, o arquito Luiz Leito, já foi analisado pelo Ipahm de Brasília e aprovado, graças aos contatos que tive em Brasília quando foi assessor do nosso saudoso Deputado Federal Eduardo Valverde, conseguimos levar a realidade do abandono do nosso patrimônio.

A Associação dos Amigos da Madeira Mamoré (AMMA) também é uma pioneira que vem lutando pela preservação e revitalização do Complexo Ferroviário da Estrada de Ferro Madeira Mamoré antes do Ministério Público Federal e do Estadual existirem, quando a Capital Porto Velho era Território Federal nos anos 80, os movimentos populares em conjunto com as associações tiveram grande participação para o registro do tombamento na lei magna, no seu artigo 264 e a Lei nº 1220-T-87 .

O tempo passou e a Portaria 001/MPF-1992 instaurou o primeiro Inquérito Civil Público, a pedido da AMMA para apurar o descaso no passada e no presente da EFMM, de lá pracá o Complexo Ferroviário foi palco de ações de várias irregularidades. Após 36 anos do seu tombamento a história da lendária Estrada de Ferro Madeira Mamoré vai tomando novos rumos.

Comentários

comentários