Parlamentar manteve contato com lideranças regionais e concedeu entrevistas

Durante toda a quarta-feira (25), o deputado Anderson Pereira do Singeperon (PV) visitou Buritis e o distrito de Jacinópolis, que fica a 60 quilômetros da cidade, mas que pertence administrativamente a Nova Mamoré.

Em Jacinópolis, Pereira conversou com empresários e o vereador Valberto de Oliveira Alicrim, o Chapéu (PHS), que mora na localidade e apresentou demandas urgentes, como a instalação de torres de telefonia fixa e móvel, que não existem, além de maior celeridade na recuperação das estradas vicinais.

Um grupo de moradores do distrito, liderados pelos empresários Gustavo Pedroso e Ouro do Laticínio, também entregou dois ofícios pedindo o envio de um caminhão de lixo para fazer a coleta, cujo serviço não é disponibilizado às famílias, bem como uma nova ambulância, pois a única da cidade não funciona. “Soube por meio das conversas que o socorro é feito pelos policiais militares de serviço em Jacinópolis, já que a ambulância vive quebrada. Isso é um absurdo, pois quando os PMs socorrem os pacientes, o distrito fica sem segurança”, falou o parlamentar.

Em seguida, Anderson seguiu para uma entrevista na rádio 101 FM, em um programa apresentado pelo radialista Marcelo Nogueira. No momento do bate-papo, a energia elétrica oscilou por duas vezes, interrompendo a programação da emissora. “É incrível como um distrito importante como Jacinópolis ainda sofra com esse problema de energia elétrica. Isso pode dificultar os negócios dos empresários da localidade, além dos prejuízos. Já pensou se a aparelhagem da emissora de rádio queima? Quem vai repor o prejuízo?”, afirmou o deputado estadual.

Já em outro programa de rádio, da 93 FM, comandado pelo apresentador JP, o parlamentar também destacou as demandas urgentes que foram apresentadas pelas

lideranças políticas, comunitárias, empresários e famílias do distrito de Jacinópolis.

Buritis

Assim que chegou a Buritis, Anderson foi para o presídio do município, onde conversou com os colegas agentes penitenciários e detentos que trabalham em projetos de reinserção social, como a produção de móveis de madeira. De acordo com a opinião do parlamentar, a situação é relativamente boa, frente a outras unidades rondonienses. “Aqui em Buritis, a capacidade é para cerca de 110 detentos, mas há 160. Algumas celas têm capacidade para quatro presos,

mas têm 10. Porém, o efetivo é baixo, sendo cinco agentes para todo esse grupo”, falou ele.

O deputado seguiu para a Câmara de Vereadores de Buritis, onde se encontrou com o presidente da Casa de Leis, João Orlando Bernardino (PTN), e o vereador Marcelo Mendes (PT), onde conversaram sobre demandas urgentes e possíveis apoios para a cidade por meio de emendas parlamentares. “Falei para o deputado que tenho projetos importantes para as áreas de educação e saúde. Ele se colocou à disposição dos vereadores e da população de Buritis para que problemas do município sejam resolvidos o quanto antes e com a ajuda de todos”, disse Mendes.

Já o presidente da Câmara ficou satisfeito com a presença de Pereira na cidade, seja para agradecer os 79 votos recebidos ou para conhecer ainda mais a realidade de Buritis. “Apesar de ter apenas 15 dias de mandato, fico feliz que o deputado Anderson tenha vindo até o município e o distrito de Jacinópolis. Ainda temos muitas áreas carentes, que precisam de apoio e soluções muito urgentes. Espero que ele nos ajude nesta luta”, afirmou João Orlando.

Entrevista e sustentabilidade

Anderson Pereira gravou entrevista que será veiculada nesta quinta-feira (26), no programa Interativa Notícias, da rádio Interativa, apresentado pelo radialista Edson Nascimento, onde agradeceu os votos recebidos em toda a região. “Primeiro, o objetivo da minha vinda até Buritis é agradecer os 79 votos recebidos aqui. Juntando com os votos de Jacinópolis, que são computados em Nova Mamoré, são quase 200. Também vim conversar com prefeitos, vereadores e toda a população. Também conheci a luta da Associação dos Acadêmicos de Buritis, que me pediram um ônibus para que possam frequentar a faculdade em Ariquemes”, disse ele.

Questionado sobre a crise do sistema prisional no Brasil, Anderson Pereira fez um rápido diagnóstico sobre a situação. “Olha, eu acho que a culpa não é só de um governo, o do presidente Michel Temer. É culpa de todos os governantes. Em Rondônia são 11 mil presos para cerca de 1 milhão e meio de habitantes. Encarceram demais. Como será daqui a 10, 20 anos? O sistema está falido, já que a maioria da massa carcerária tem de 18 a 30 anos. Isso é uma prova das políticas educacionais e do sistema socioeducativo, que não ressocializa”, desabafou ele.

O parlamentar ainda falou que irá defender os direitos dos servidores públicos estaduais na Assembleia Legislativa. “Apesar da grave crise econômica, estarei sempre ao lado do servidor rondoniense. Nós não podemos pagar essa conta com a perda de direitos já adquiridos, que lutamos tanto para conseguir. O Brasil só vai melhorar com o encaminhamento da operação Lava Jato, quando os empresários voltarão a ter confiança para investir no país. Sem contar, que os políticos que roubaram o dinheiro público têm que ser presos”.

Sobre a questão das constantes quedas de energia em Buritis, Anderson disse que o Programa Luz para Todos é apenas uma ficção. “A energia deveria ser barata, mas é a diesel, que é muito cara. Buritis é uma das grandes economias do estado, com grande produção de gado de corte, minério e outros produtos.

Não pode ser relegada a segundo plano. Tenho um bom relacionamento com o diretor da Eletrobras Rondônia, o Efraim, que inclusive, conheço desde quando servi a Aeronáutica. Vamos levar esse importante debate para a Assembleia e convidar a bancada federal para participar ativamente. Esse é um problema não só de Buritis, nem de Jacinópolis, mas de vários municípios rondonienses”, afirmou.

Anderson Pereira visitou o Ecoponto e Recicladora de Pneus Estrela, de propriedade de José Feliciano Neto, que atua no setor há mais de 20 anos. No local, ele processa pneus usados, além de fazer peças de artesanato, o que contribui para a saúde pública e o meio ambiente.

“Como filiado ao Partido Verde, que preza a ecologia e a preservação do meio ambiente, não poderia deixar de prestigiar esse belo trabalho do seu Zé. Ele contribui diretamente para combater a dengue, a zika e a chikungunya, além de ganhar um dinheiro extra produzindo belas peças de artesanato e até mesmo para a pecuária, com a construção de currais e cochos para alimentação do gado”.

Por fim, no início da noite, o deputado reuniu um grande grupo de agentes penitenciários e seus familiares no plenário da Câmara de Vereadores de Buritis para falar sobre o Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) da categoria, além da luta pela regulamentação da PEC 308. “Infelizmente, nosso PCCS está parado. Mas, por outro lado, a notícia boa é que estive em Brasília, em uma audiência com o ministro da Justiça, onde ele é favorável a regulamentação da PEC 308, que vai mudar nossa atuação no Brasil. Vamos lutar para que isso aconteça logo”, encerrou ele.

Comentários

comentários