O “prefeito da esperança” precisa desmobilizar seu exército brancaleone – O Combatente