POUCO TEMPO. MUITO TRABALHO! – O Combatente