A líder da Rede Sustentabilidade, Marina Silva, disse na madrugada desta quinta-feira, 18, que o presidente Michel Temer “não está em condições de governar o Brasil”. Temer se vê numa situação complicada com a divulgação de que teria negociado pagamento pelo silêncio do ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha. A líder da Rede afirma que o Congresso Nacional deveria aprovar a emenda à Constituição apresentada pelo deputado Miro Teixeira –também da Rede – possibilitando a realização de eleição direta em caso de queda de Temer – pela atual regra, a escolha do novo chefe do Executivo se daria por via indireta. “Para que a sociedade faça a escolha daquele que, com base em um programa, poderá fazer a transição neste difícil momento que estamos atravessando”, disse.

Comentários

comentários