Lamentavelmente, “equívoco” cometido pelo CNJ não é fato isolado – O Combatente

Porto Velho, Rondônia,