Foi em clima de festa e com direito a fogos de artifício  que o prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, inaugurou o primeiroEcoparque Municipal de sua gestão. Localizado na Avenida Campos Sales, esquina com a rua Paraguassu, bairro Novo Horizonte, na zona Sul da cidade, o local é apropriado para caminhadas e outros exercícios físicos, além de recreação.

A área de lazer, que também passa a ser considerada um ponto turístico, foi contemplada ainda com uma obra de arte  doada pelo artista plástico Leandro de Campos. A peça reproduz o Pirarucu, peixe da Amazônia que deu nome ao Ecoparque.

MATAGAL

O Ecoparque foi instalado numa área de canal de aproximadamente oito mil metros quadrados, onde havia um matagal em completo abandono antes da obra, gerando insegurança aos moradores e servindo como local para jogar lixo.

PRESERVAÇÃO

A criação desse espaço tem por objetivo proteger as Áreas de Preservação Permanente (APP) de forma que sejam concebidas alternativas para salvar os cursos d’água remanescentes nas áreas urbanas, dispostos nos canais que cortam o município –  tudo isso de maneira sustentável, atendendo a legislação ambiental. “Daqui saíram mais de cem caçambas de lixo, essa região estava em completo abandono”, frisou o prefeito..

Locais assim são comumente invadidos, foi por isso que a prefeitura apostou em uma nova proposta de ocupação, iluminada e equipada para proporcionar lazer e cultura à comunidade da região.

PARCEIROS

O trabalho foi executado pelos técnicos da Subsecretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema), em parceria com as Subsecretarias de Obras e Pavimentação (Suop), de Serviços Básicos (Semusb), de Administração (Semad) e da Empresa Municipal de Desenvolvimento Urbano (Emdur).

“Foram três meses de dedicação dos nossos servidores e das secretarias parceiras. Aqui foi utilizada madeira apreendida, apresentando uma nova forma de ocupação para a comunidade”, lembrou Robson Damasceno, subsecretário da Sema.

Fonte:Comdecom/Sema

Comentários

comentários