Outra pauta reivindicada pelo parlamentar foi o cumprimento da promoção funcional da categoria, atrasada há mais de seis meses.

O deputado estadual Léo Moraes se reuniu com o novo chefe da casa civil, Dr. Eurípedes Miranda e representantes da Polícia Civil para tratar sobre a promoção dos policiais civis de setembro de 2017 e implementação de 5,8% do realinhamento salarial.

“A Polícia Civil tem a promoção de policiais civis de setembro suspensa na Mesa Estadual de Negociação Permanente (MENP), o que deveria ser um ato ordinário, a assinatura do decreto, além da complementação dos 5,8% da tabela de 2018 do realinhamento da PC, ainda pendente com o Governo. Por isso pedimos apoio a Casa Civil para que possamos avançar e destravar esses processos.” Relatou Léo.

Na reunião Léo e representantes da categoria pediram que a lei 3961/16 fosse cumprida na íntegra, solicitando também o pagamento retroativo desde janeiro deste ano. A complementação dos 5,8% foi analisada e comprovada que a integralização dos 100% da lei não atinge o limite da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Outra pauta reivindicada pelo parlamentar foi o cumprimento da promoção funcional da categoria, atrasada há mais de seis meses.

Além do Deputado Estadual Léo Moraes e o Chefe da Casa Civil, participaram da reunião o presidente do Sindicato dos Servidores da Polícia Civil de Rondônia (Sinsepol), Delegado Renato Eduardo de Souza, Delegado Pedro Mancebo e o policial civil Cícero Evangelista.

“Segurança pública é uma das minhas prioridades. Para termos uma Rondônia mais segura, precisamos unir esforços, aumentar o efetivo, melhorar condições de trabalho com armamento adequado e valorizar cada servidor. Continuaremos lutando e disponíveis para que os policiais civis e outras categorias de segurança sejam reconhecidas de fato.” Concluiu Léo.

Comentários

comentários