Pré-candidato ao Governo, ele disse que o partido está fortalecido para as disputas eleitorais

Durante entrevistas a emissoras de rádio da capital, o pré-candidato do MDB ao Governo, Maurão de Carvalho, disse que o partido está firme, unido e coeso em torno de seu nome, além de ter definido os nomes de Valdir Raupp e Confúcio Moura ao Senado.

Na manhã desta segunda-feira (23) Ele concedeu entrevista ao programa Rota Policial, na rádio Rondônia FM, comandado por Daniel Junior, e também à rádio Transamazônica, no último sábado (21), aos radialistas Lucivaldo Souza, Jairo Guedes e Wilmar Corrêa.

Segundo ele, adversários tentam plantar informações infundadas, de que estaria ocorrendo uma divisão entre as lideranças do partido, o que não é verdade. Maurão anunciou que ainda neste mês de maio, o MDB vai reunir militantes e lideranças, em Porto Velho, para lançar as pré-candidaturas da legenda para as eleições deste ano, em data a ser definida.

“Na semana passada, me reuni com Confúcio Moura e outras lideranças do MDB, quando tratamos da realização deste grande evento, que vai fortalecer ainda mais a união das lideranças e a participação dos militantes e apoiadores na pré-campanha”, destacou Maurão.

O pré-candidato ressaltou que seu nome conta com amplo apoio das lideranças e militantes do MDB. “O período eleitoral se aproxima e precisamos, com planejamento e respeitando a legislação, colocar as nossas posições para a sociedade. É um momento de preparação, de aproximação com outras siglas e que estamos avançando na construção de uma chapa forte”, disse.

Ele afirmou que a sua pré-candidatura não vai mudar a sua forma de atuação enquanto presidente da Assembleia. “Temos um novo governador, que é o Daniel Pereira (PSB), que deixou claro que deve apoiar outro nome ao Governo. Mas, não vamos misturar eleições com nossa atuação parlamentar. A Assembleia é independente, mas sem atrapalhar o Governo e sempre buscando o diálogo”, relatou.

Comentários

comentários