O prefeitura de Nova Brasilândia D’Oeste (RO), enviou nesta semana para Câmara Municipal de Vereadores, o projeto de lei que prevê o reajuste de 3% sob o salário base de todos os Professores da Rede Municipal de Ensino.

Segundo Hélio Mendes, chefe do executivo, a correção é uma forma de dar continuidade a compensação da defasagem salarial que é  acumulada há mais de 6 anos, além disso, este ano houve um aumento de 6% no salário de todos os servidores, segundo destaca o prefeito, apesar de parecer pouco é o começo da valorização dos servidores que têm seus salários congelados desde gestões anteriores, “Esta iniciativa do Executivo Municipal  é a continuidade da correção salarial dos nossos educadores, destaco que no mês de Dezembro de 2017 houve uma revisão para todas as categorias, agora daremos 3% de correção para esta categoria, estamos estudando para até no mês de Dezembro estipular mais uma revisão anual no salário base de todas as categorias, se dependesse de minha vontade seria mais, contudo infelizmente não podemos ultrapassar o limite prudencial do índice de folha pois estaremos cometendo crime”. Pontuou Hélio.

A correção  é a prova da gestão feita com compromisso e responsabilidade, com controle dos gastos públicos retornando para população e aos nossos profissionais que ajudam manter o funcionamento da máquina pública.  É destacável que Nova Brasilândia deve ser reconhecida, pois observa-se que nenhum município nas proximidade tem estipulado aumentos para servidores.

O projeto que agora está na casa de Leis, será analisado pelos nobres vereadores que mostram compromisso com os servidores públicos, para o prefeito o projeto não haverá objeções, restando agora a aprovação do projeto pelos parlamentares.v

Comentários

comentários