Com a temática “Nossas matas, nossos rios”, o IV Simpósio de Recursos Hídricos apresentado em Rolim de Moura no último fim de semana, pelo projeto Viveiro Cidadão, superou expectativas atraindo um público de quase 500 pessoas entre os três dias de evento.

Considerado o maior evento regional na área de recursos hídricos, o Simpósio apresentou uma programação intensa entre palestras, mesas redondas, exposições de painéis, apresentação de trabalhos acadêmicos e visitas guiadas, diante de um cenário que urge por soluções.

Estudantes, pesquisadores, agricultores, instituições públicas e privadas, dentre outros interessados na discussão sobre as dificuldades e soluções para os problemas hídricos na região e a relação entre as matas e os rios, estiveram no Teatro Municipal de Rolim de Moura entre os dias 20 e 21 de setembro.

Notadamente caracterizada por sua diversidade ambiental, a região amazônica precisa garantir disponibilidade hídrica para uma população com uma economia em crescimento, ampliando serviços de saneamento, além de avanços na conservação da qualidade de seus corpos hídricos com inserção de aspectos ecológicos e fazer.  Por meio de painéis científicos e palestras temáticas o simpósio buscou assegurar que essas questões fossem abordadas, com destaque, para nossa região.

Neste sentido o criador do Sistema Aquífero Grande Amazônia – SAGA, Dr. Francisco de Assis Matos de Abreu, destacou em sua palestra a importância da água subterrânea que representa 84% do ciclo hidrológico da Amazônia, sendo fundamental para equilibrar os recursos hídricos e sua relação com a floresta seja na questão econômica ou na questão social.

Para a estudante Ana Lúcia Cardoso, o Simpósio foi importante para conscientização e incentivo para a preservação dos recursos hídricos, fazendo com que as pessoas entendam a necessidade de preservar um bem que pertence a todos.

Visita Guiada área recuperada pelo Viveiro Cidadão

Cerca de trinta pessoas visitaram o Viveiro de Mudas da Ecoporé, onde tiveram a oportunidade de ver de perto o trabalho desenvolvido em prol da recuperação de matas ciliares, com o plantio de espécies frutíferas e florestais produzidas pelo Viveiro.

Após conhecer e entender como é feito o plantio das mudas os estudantes visitaram uma propriedade modelo já recuperada pelo Projeto Viveiro Cidadão.

Comentários

comentários