A proposta de concessão da honraria é da deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO).

Para a diretora de Comunicação Social da Ameron, juíza Euma Mendonça Tourinho, “o recebimento da medalha representa o reconhecimento do trabalho desenvolvido ao longo de quase 20 anos dedicados a magistratura, me sentindo honrada em receber a distinção que homenageia todos os magistrados rondonienses, especialmente as mulheres”, destaca.

A premiação foi criada em 1983 e tem como proposta a condecoração de autoridades, personalidades, instituições ou entidades, campanhas, programas ou movimentos de cunho social, civil ou militar, nacionais ou estrangeiros, que tenham prestado serviços relevantes ao Poder Legislativo ou a República Federativa do Brasil.

A vice-presidente de Direitos Humanos da AMB, juíza Julianne Marques, representou o presidente da entidade, Jayme de Oliveira. Outros diretores da AMB prestigiaram a solenidade, entre eles a secretária de Comunicação Institucional, Karen Schubert; a assessora da presidência Miriam Chagas; a integrante da secretaria de Assuntos Institucionais, Érika Brandão; e o membro da secretaria de Comunicação Institucional, Rodolfo Nascimento Barros.

Comentários

comentários