Integrantes do Ministério Público do Estado de Rondônia participaram na manhã desta segunda-feira (4 de fevereiro) da solenidade de abertura do Ano Judiciário 2019, no pleno do Tribunal de Justiça, sob a presidência do desembargado Walter Waltenberg Júnior. Compuseram a mesa de honra, representantes dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, Ministério Público Estadual, Tribunal de Contas do Estado e Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Rondônia (OAB/RO).

Falando em nome do Ministério Público do Estado de Rondônia, o Procurador de Justiça Cláudio Wolff Harger ressaltou que são muitos desafios a serem enfrentados neste ano que se inicia, mas deve se dar especial atenção ao combate à corrupção, em todas suas formas. “Isto porque, como sabemos, a corrupção é um mal que se alastrou e ganhou dimensão nacional nos últimos anos. Portanto, merece a atuação firme do Ministério Público, assim como reposta Judicial rápida e eficaz não somente neste, mas nos anos vindouros”, ressaltou Cláudio Wolff no discurso em nome do MP.

Ele acrescentou a certeza de que os integrantes do Poder Judiciário rondoniense saberão fazer esse enfrentamento à corrupção com a “costumeira serenidade, firmeza, independência e responsabilidade”. Lembrou que, na atual gestão do MP, foram realizadas inúmeras operações de combate de desvio de recursos públicos, mas sem julgamentos e exposição dos investigados, seja por meio da imprensa ou por qualquer outro meio.

Cláudio Wolff, em nome do MP, aproveitou a oportunidade para prestar homenagem aos Magistrados e servidores do Tribunal de Justiça, em reconhecimento pelo papel desempenhado em sua jurisdição, na reafirmação do Estado democrático e de direito. Salientou ainda que o MP acompanha os esforços do Tribunal no sentido de sempre evoluir, visando desenvolver com mais eficiência seu relevante papel, bem como o aperfeiçoamento de sua gestão.

Também prestigiou a solenidade, o presidente da Associação do Ministério Público do Estado de Rondônia (AMPRO), o Procurador de Justiça Carlos Grott.

Comentários

comentários