O Governo Federal planeja executar no segundo semestre uma etapa específica para a região Norte do programa de banda larga do Ministério de Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia, e que deve atender comunidades hoje não conectadas a grande rede em tosa a Rondônia. O nome provável é Projeto Amazônia Integrada Sustentável (PAIS). O backbone, que também será em parceria com a Rede Nacional de Pesquisa (RNP). O diretor de banda larga do Ministério afirma que boa parte da infraestrutura deverá ser por cabo subfluvial e parte terrestre. Outras comunidades de Estados amazônicos devem ser atendidas. As informações são de Bruno do Amaral, do portal Tele Time.

Comentários

comentários