“Prometo desempenhar com lealdade e honradez as funções do cargo de desembargador do Tribunal de Justiça de Rondônia, bem servindo a Justiça, cumprindo e defendendo a Constituição Federal”, se comprometeu o magistrado.

Em cerimônia informal, na sexta-feira, 14 de junho, na Presidência , o magistrado José Antonio Robles tomou posso como desembargador do Tribunal de Justiça de Rondônia, cadeira que estava vaga desde a aposentadoria do desembargador Péricles Moreira Chagas.

O vice-presidente do TJRO, Renato Mimessi, abriu a sessão esclarecendo que, posteriormente, de maneira mais formal, o magistrado receberá a comenda do mérito judiciário, em cerimônia de gala, no Pleno. Em seguida, convocando o artigo 85, do Regimento Interno, convidou o “eminente juiz de direito a prestar o compromisso”, o que Robles, com as mãos estendidas, o fez, perante os colegas magistrados, servidores e familiares.

“Prometo desempenhar com lealdade e honradez as funções do cargo de desembargador do Tribunal de Justiça de Rondônia, bem servindo a Justiça, cumprindo e defendendo a Constituição Federal”, se comprometeu o magistrado.

Logo após foi feita a leitura do termo de posse, que mencionou o ato 897/2019, disponibilizado no Diário da Justiça 095, de 23 de maio de 2019, que o promove de juiz da 4ª Vara Cível da Comarca de Porto Velho, a desembargador para compor a 1ª Câmara Criminal, conforme escolhido pelo Pleno pelo critério de merecimento. O termo ainda relata que todos os trâmites legais foram tomados como declaração de bens e documentações exigidas por lei.

Robles assinou o termo de posse e recebeu das mãos do vice-presidente a carteira de desembargador. Renato Mimessi o declarou empossado, finalizando o rito formal de posse.

O desembargador empossado falou aos presentes da alegria e satisfação de assumir o cargo, responsabilidade que já vinha exercendo como juiz convocado, agradecendo a todos que o acompanharam nessa trajetória como magistrado.

Resgatou ainda a memória do desembargador Cássio Rodolfo Sbarzi Guedes, já falecido, que, quando presidente, o nomeou como juiz auxiliar, e com o qual atuou na mesma sala em que agora toma posse como desembargador. “Todos aqui sabem do carinho que eu tinha por ele, por isso sinto demais a ausência dele nesse momento”, lamentou.

Agradeceu aos servidores e aos familiares, principalmente à esposa Cristiane, que o apoiaram nessa jornada na magistratura rondoniense. “Espero contribuir, horando o Tribunal de Justiça, assim como venho fazendo ao longo desses 28 anos como juiz. Espero completar o meu ideal de vida que é ser um bom magistrado e honrar não apenas o Poder Judiciário como também minha família”, completou.

https://www.tjro.jus.br/noticias/item/11127-jose-antonio-robles-toma-posse-como-desembargador-do-tjro

Assessoria de Comunicação Institucional

Comentários

comentários