O DNIT ainda não tornou público, mas a informação de que a PONTE não será entregue esse ano

Com Ponta do Abunã e Ecoacre.net

Na margem direita do rio madeira, entre os km 936 e 938 da BR-364, maquinários trabalham até 13 horas por dia na construção do acesso à cabeceira da Ponte do Rio Madeira.

Na margem esquerda, faltam apenas duas camadas de aterro de 20 centímetros cada, para a aplicação da massa asfáltica.

Mesmo com os trabalhos acelerados na construção do acesso à cabeceira direita da Ponte do Rio Madeira, a complexidade dos trabalhos tem tornado cada dia mais visível a barreira que deve separar o sonho da realidade, pelo menos em 2019.

O DNIT ainda não tornou público, mas as informações e de que a tao sonhada Ponte do Madeira não será entregue esse ano, as informações já vazou, de acordo com uma nota da PRF divulgada na ultima quarta-feira (11).

O sonho de cruzar o rio madeira pela ponte em 2019 sera adiada, mas a realidade é que não há a menor possibilidade da obra ser concluída a tempo de ser inaugurada pelo presidente Bolsonaro neste verão.

video

 

Seca do Rio Madeira obriga empresa que realiza transporte de veículos por balsa a mudar o local de embarque

video

Comentários

Comentários

comentários