“A primeira providência foi interpelar o senhor ministro das Relações Exteriores, o embaixador Ernesto Henrique Fraga Araújo”

Em decorrência da grave situação vivenciada na Bolívia, com a deflagração de greve, enfrentamentos de grupos, e o fechamento das fronteiras, a Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia, em caráter emergencial, fez nesta data, uma série de encaminhamentos, visando resguardar a integridade física e eventual retirada de brasileiros, que se encontram principalmente nas localidades de Cochabamba, Santa Cruz, Beni e Pando.

A primeira providência foi interpelar o Senhor Ministro das Relações Exteriores, Embaixador Ernesto Henrique Fraga Araújo, para que efetive urgente negociação diplomática com o Governo Boliviano, e sejam adotadas medidas emergenciais de segurança e a consequente retirada dos brasileiros daquele país.

Também por meio de ofício, foi solicitado ao Senhor Embaixador do Brasil na Bolívia, José Kin, que ultime os primeiros entendimentos com o Governo da Bolívia, no sentido de organizar a retirada de estudantes rondonienses, para território brasileiro.

Diante da situação grave e da necessidade de ações emergenciais, também foi solicitada a intervenção política do Senador Marcos Rogério, no sentido de efetivar conversações com o Itamaraty, visando atender emergencialmente os estudantes rondonienses.

Porto Velho, 31 de outubro de 2019

DEPUTADO LAERTE GOMES

PRESIDENTE

Comentários

comentários