sábado, dezembro 15, 2018
Início Site Página 199

Petrobras aumenta o preço do gás; reajuste passa a valer a partir desta quarta-feira (6)

A Petrobras anunciou nesta terça-feira (5) aumento de 12,2%, em média, no preço do botijão de gás de até 13 kg (mais comum em residências). O aumento passa a vigorar a partir desta quarta-feira (6).

Em nota, a Petrobras alegou que o reajuste se faz necessário devido a estoques muito baixos e eventos extraordinários, como os impactos do furacão Harvey na maior região exportadora mundial de gás liquefeito de petróleo, nos Estados Unidos.

“A região de Houston (Texas) é a maior exportadora mundial de GLP, atendendo mercados importadores como Europa e Extremo Oriente. Com a chegada do furacão Harvey na semana passada, tanto a produção quanto os terminais do Golfo americano foram impactados e permanecem fora de operação.”

Com esse cenário, segue o informe, “a menor disponibilidade de GLP provocou aumento de preço nos mercados consumidores, incluindo o Brasil.” A empresa também informou reajuste de 2,5% nos preços de comercialização às distribuidoras do GLP (GLP, o gás de cozinha) destinado aos usos industrial e comercial.

No início de agosto, os preços do gás de cozinha já haviam sofrido reajuste de 6,9%. Na sequência, no meio do mês, foi anunciado o aumento de 7,2% no preço do GLP

Dnit declara emergência na região da Ponta Abunã

A região da Ponta do Abunã, onde fica a balsa sobre o rio Madeira, em Rondônia, teve declarada a situação de emergência pelo Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit), responsável pela rodovia BR-364, cujo trecho é interrompido com a passagem da balsa entre as duas margens do Madeira.

A portaria do órgão já foi publicada no Diário Oficial da União, e já está valendo. Segundo o Dnit, a ideia, nesse primeiro momento, é fazer um estudo sobre a situação do manancial que, caso baixe ainda mais, poderá prejudicar o fluxo da transposição da balsa que leva e trás veículos na Ponta do Abunã.

Com a baixo exponencial no volume do rio, tem havido a necessidade de dragagem da areia que se acumula às margens e no leito do rio, o que tem causado dificuldade e inclusive a balsa chega a emperrar sobre os bancos de areia. A empresa que faz o transporte de veículos, responsável pela balsa, já executou esse tipo de serviço.

DECRETO ESTADUAL
O governador de Rondônia, Confúcio Moura, assinou nesta segunda-feira, 14, o decreto de estado emergência na Ponta do Abunã por causa da seca do rio Madeira. A falta de chuva na região tem ocasionado demora na travessia das balsas do rio Madeira, o que ocasiona filas enormes de veículos como ônibus, carretas e caminhões carregados de produtos.
Além do Acre, que sofre com o atraso no transporte de combustíveis e gêneros alimentícios, por exemplo, a seca também afeta localidades como a Vila Fortaleza do Abunã, Vista Alegre, Extrema e Nova Califórnia.

SICOOB VALE DO JAMARI INAUGURA 10º POSTO DE ATENDIMENTO

“A Cooperativa consolida seus 16 anos neste mês de Setembro.”

Inaugurou no último dia 04 de setembro no distrito de Rio Branco (pertencente ao município de Campo Novo de Rondônia) o décimo posto de atendimento do Sicoob Vale do Jamari. Em uma breve cerimonia de inauguração, moradores da região, autoridades politicas e militares, colaboradores e membros do Conselho Administrativo/Fiscal da Cooperativa, participaram do corte do laço e do descerramento da placa de inauguração do PA 10 Sicoob Vale do Jamari.

Durante o ano de 2017, o Sicoob Vale do Jamari inaugurou dois novos postos de atendimento. Além deste, em Julho/2017 o PA 11 foi inaugurado no IG Shopping em Ariquemes, o que demonstra a evolução da Cooperativa na região. “SICOOB Vale do Jamari não tem crise. Os números desde o ano de 2016 só mostram crescimento. E é isso que nossa região nos proporciona: evolução”, afirma o Vice Presidente – Andrecsandro Lemos de Miranda.

O distrito de Rio Branco fica localizado há 30KM do município de Buritis (local onde é localizada a sede da cooperativa). Os moradores da região entusiasmados comemoraram a comodidade e a segurança de ter uma instituição financeira dentro do distrito. “Eu fico muito emocionado porque ninguém acreditava que merecíamos o Sicoob aqui e eles acreditaram e trouxeram. Estamos muito felizes mesmo”, garantiu o Cooperado José Ozéias Ferreira.

Para o Gerente do PA (Posto de Atendimento) a chegada do Sicoob no distrito é de suma importância principalmente para segurança e melhora na qualidade de vida dos moradores. “O cooperativismo continua sendo o melhor caminho para o desenvolvimento das pessoas. É nisso que acreditamos e dedicamos todos os nossos esforços para que esse dia acontecesse”, disse Cosme Oliveira Santos – Gerente do PA.

O novo posto de atendimento do Sicoob Vale do Jamari funcionará de segunda a sexta-feira das 08h às 13h com atendimento exclusivo para Cooperados. No próximo dia 26 de Setembro a Cooperativa comemora seus 16 anos de consolidação no Vale do Jamari. Para o Presidente da cooperativa este é um momento importante para “As pessoas precisam da nossa Cooperativa para cuidar de suas transações financeiras com segurança e nós temos as ferramentas certas para isso. O Sicoob Vale do Jamari está evoluindo para ser cada vez mais parceiro dos cooperados”, finalizou o Presidente do Conselho de Administração Elias Alves Pereira.

 

Keila Alves 

Pós feriado: Prefeito Hildon decreta ponto facultativo na sexta-feira, 8

Decreto não abrange as atividades essenciais como os serviços de saúde

O prefeito de Porto Velho, dr Hildon Chaves, decretou ponto facultativo nos órgãos da administração direta, indireta, autárquica e funcional do Poder Executivo municipal, na sexta-feira, dia 8, após o feriado do Dia da Independência, comemorado na quinta. O expediente voltará ao normal nos órgãos municipais na segunda-feira (11).

De acordo com o decreto, publicado no Diário Oficial do Município (DOM), edição eletrônica da última segunda-feira (4) apenas os órgão cujos serviços não admitam paralisação, por serem considerados essenciais, estão excluídos do decreto.

A exclusão é necessária para assegurar à população a oferta de serviços nas áreas da saúde — unidades de urgência e emergência —, infraestrutura, como drenagem, asfalto e tapa buracos e ainda fiscalização e segurança do trânsito, entre outros.

Para isso a Semusa, Semusb e Suop, vinculadas a Semisb e a Semtran deverão organizar turnos de revezamento, a fim de que não haja a interrupção dos serviços prestados à comunidade por essas repartições municipais.

Fonte: Gabinete

APENAS UM: Pesquisa do CNJ revela que custo mensal de um juiz em 2016 foi de R$ 47,7 mil

Uma pesquisa divulgada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) revela que o custo mensal de um juiz no país foi de R$ 47,7 mil, em 2016. Os números foram divulgados hoje (4) pela presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do conselho, ministra Cármen Lúcia. O gasto do orçamento do Judiciário com pessoal ficou em R$ 75,9 bilhões, valor equivalente a 89,5% das despesas totais.

De acordo com a pesquisa Justiça em Números, com dados referentes ao ano passado, a taxa de congestionamento, índice que mede o percentual de processos baixados, permaneceu em 73%, número considerado alto pelo conselho. Em contrapartida, o número de sentenças aumentou e registrou 11,4%, a mais alta variação da série histórica da pesquisa.

O levantamento também registrou tribunais que conseguiram 100% de eficiência, obtendo mais produtividade com menos recursos. Em 2016, foram vencedores nesse campo os tribunais de Justiça do Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro e do Amapá.

Anvisa proíbe venda e uso de lotes de loção capilar com problemas de registro

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a distribuição, comercialização e uso dos lotes da loção capilar Loção Camélia do Brasil, da empresa Suissa Industrial e Comercial Ltda. A resolução foi publicada hoje (4) no Diário Oficial da União .

Segundo a Anvisa, um laudo emitido pela Fundação Ezequiel Dias de Minas Gerais (Funed), apontou irregularidades no rótulo do produto, que estava com o registro vencido desde 30 de novembro de 2014, sendo regularizado apenas em 7 de julho de 2016. A fabricante deverá tirar do mercado o estoque do produto relativo a esse período período.

Segundo a empresa, como existe a obrigatoriedade de impressão do número do processo de registro na embalagem, alguns lotes saíram com o número errado, por um problema burocrático, mas não há risco à população com o uso do produto. A loção é vendida pela empresa como capaz de restituir progressivamente a cor dos cabelos, e auxiliar no tratamento cosmético da caspa.

EDUCAÇÃO: Primeira-dama Ieda Chaves lança projeto Escola Presente 

 

Evento acontece no próximo sábado, às 9h, na escola Flamboyant e envolve toda a comunidade escolar

Uma ação social com prestação de diversos serviços básicos e gratuitos à comunidade nas áreas de saúde, educação, lazer, esporte e assistência social acontece no próximo sábado (9), a partir das 9h, na escola Flamboyant, zona Leste de Porto Velho. O evento marcará o lançamento oficial do projeto educacional Escola Presente, incentivado pela primeira-dama do município de Porto Velho, Ieda Chaves.

Inicialmente o projeto vai funcionar em duas escolas: Flamboyant e escola São Pedro, na zona Norte. Ambas escolhidas por terem tido o último Ideb com pontuação bem abaixo da média. “A meta é promover a participação efetiva da comunidade escolar através de parcerias com os pais e outros segmentos da sociedade, buscando criar novas condições para promoção de uma educação construtiva e justa através de um trabalho coletivo e educativo”, destacou a primeira-dama.

PAIS NA ESCOLA

Desde o início da administração do prefeito dr Hildon Chaves, a primeira-dama Ieda Chaves vem realizando uma série de visitas a diversas escolas do município, onde colheu dados sobre a qualidade do ensino, verificou números do Ideb e, principalmente da participação dos pais nas escolas.  “Percebi que os pais precisam estar mais presentes na escola, pois muitos deixam a cargo da instituição, a responsabilidade da educação dos filhos. Porém a escola é apenas o complemento. É preciso resgatar a família dentro da escola. Passar para os pais a continuidade do que os filhos aprenderam na instituição de ensino”, defendeu Ieda Chaves.

METODOLOGIA

O projeto pretende contribuir para o acesso a uma educação complementar extracurricular por meio de oficinas, palestras, campanhas, grupos de trabalho, atendimento em saúde e assistência social. Vai ser executado por meio de um programa de trabalho sistematizado e acompanhado por profissionais e professores.

A PROBLEMÁTICA PORTO VELHO TEM  120 MIL  NOVOS MORADORES A MAIS EM SETE ANOS

Como preparar uma cidade para receber 120 mil novos habitantes em apenas sete anos, 17.271 almas a cada ano, de 2010 para cá? Porto Velho estava programada  para ter um crescimento populacional de 21 por cento, nesse período? O que foi feito para que a Capital do Estado estivesse apta para crescer tanto em tão pouco tempo? O despreparo era óbvio e os últimos números oficiais do IBGE, divulgados na última semana, foram de assustar. Há sete anos atrás, quando foi realizado o último censo, tínhamos 428.527 moradores na cidade. Neste primeiro semestre de 2017, a maior cidade rondoniense tem 519.527 e continua crescendo todos os dias. As mais de 120 mil novas criaturas que chegaram a Porto Velho (entre nascimentos e migrantes), encontraram uma Capital cheia de problemas, deficiente em infraestrutura; com mais da metade da população sem receber água potável; com praticamente zero de canalização para o esgoto, com um trânsito caótico. Nesses mesmos sete anos, o Índice de Desenvolvimento Humano (IHD) melhorou um pouco, saltando de 0,469 pontos para 0,638 pontos, mas, no contexto geral das capitais brasileiras, lamentavelmente, deixou a de Rondônia como a segunda pior para se viver, em todo o país. Só ganhamos de Maceió, que tem um índice de vida muito pior. O crescimento no número de crianças é espantoso, mas não temos uma cidade com áreas de lazer condizentes, embora possamos comemorar, por exemplo, que 94,5 por cento delas,  entre seis e 14 anos, tenham taxa de escolarização condizente com suas idades.

Há números positivos na economia, como o emprego garantido para mais de 182 mil porto velhenses em idade de produzir, criando uma renda média que em 2015 era de três e meio salários mínimos e que continua crescendo. Mas é uma Capital que não está preparada nem para o presente, nem para o futuro, com suas enormes deficiências. Não se preparou para ter, por exemplo, quase 2 por cento de toda a sua população, algo em torno de 11 mil pessoas, com idade superior a 70 anos. O que oferece Porto Velho aos idosos? Quem respondeu zero, acertou em cheio! Enfim, temos mais baixos do que altos e grandes desafios pela frente. Se crescermos na mesma proporção nos próximos sete anos, em 2.024 teremos nada menos do que 630  mil habitantes. Que tipo de vida teremos, se não houver ações práticas e objetivas agora?

 

 

 

O MEGAPULMÃO DO MUNDO

No cinco de setembro se comemora o Dia da Amazônia, data em que devemos lembrar e reverenciar nossa  mega floresta de sete milhões de quilômetros quadrados, o verdadeiro pulmão deste planeta, que é  cada vez mais maltratado. A data foi escolhida por coincidir com a data da criação da Província do Amazonas, em 1850, pelo Imperador Dom Pedro II. A Amazônia, na verdade, não é só nossa, embora sua maior parte esteja em nosso território. Ela atravessa nada menos do que nove países da América do Sul. Tem mais de 40 mil espécies de plantas, 400 tipos diferentes de mamíferos, milhões de espécies de insetos, além de ser uma das regiões de maior variedade de peixes do Planeta. É ainda uma fonte inesgotável de matéria prima utilizada em medicamentos, alimentos e em outras atividades. Concentra algumas das maiores riquezas de ouro, diamantes e outros minérios do que qualquer outra região da Terra. É por isso tão cobiçada, tão explorada, tão cheia de estrangeiros, muitos dos quais se dizem seus protetores, mas que sabemos muito bem quais são seus interesses. Então, Feliz Dia da Amazônia!

MIL NOVOS EMPREGOS

O competente prefeito de Ji-Paraná, Jesualdo Pires, não se aguenta, de tantas boas notícias que sua cidade tem recebido. Além das muitas obras que ele está realizando e da melhoria na qualidade de vida da população, a cidade marca ainda um feito dos mais importantes: vai receber um frigorífico que está oferecendo nada menos do que 1 mil (isso mesmo, 1.000!) empregos diretos. O grupo Marfrig, presente em 100 países e com 48 unidades de produção, vai beneficiar centenas de famílias da cidade, da região central e do Estado. Já está recebendo currículos para as contratações, que acontecerão em breve. A nova indústria da carne vai assumir a planta do antigo Frigorífico Frialto, na RO 135 e receberá animais, para abate, de pelo menos 17 cidades próximas a Ji-Paraná, que tem bons rebanhos de gado de corte. Serão abatidos 1.500 animais por dia. Toda a região será beneficiada quando o novo frigorífico entrar em operação, em breve, conforme destacou o diretor da empresa, Alcides Bérgamo, que anunciou a abertura da empresa recentemente, em encontro com Jesualdo Pires. “Estamos comemorando mais essa notícia tão positiva para nossa Ji-Paraná”, comemorou o Prefeito. E vem mais por aí…

 

CADA VEZ PIOR

Mortes, feridos graves, lesões para a vida toda: mais um final de semana de muitos acidentes de trânsito na Capital, mas também em várias regiões do Estado. A alta velocidade, a falta de respeito à sinalização e, mais recentemente, a praga do uso do celular enquanto se dirige, têm sido causas para que o número de ocorrências aumente cada vez mais. Num Estado em que há um veículo para cada habitante (1 milhão e 800 mil habitantes, para mais de 905 mil carros, motos, caminhões, ônibus e outros tipos), os riscos são cada vez mais acentuados. Além disso tudo, soma-se também o grande número de condutores que continuam dirigindo e pilotando embriagados. Para se ter uma ideia, apenas uma blitz da Polícia Militar, em algumas horas, nessa final de semana (e só na avenida Jatuarana, na zona sul da Capital), 14 motoristas foram flagrados bêbados. Em poucos horas e num ponto localizado da cidade. O conjunto de problemas, somada à falta de sinalização; à falta de fiscalização e até de mais punições, acaba matando quase 50 mil brasileiros no trânsito todo o ano. E vai continuar piorando…

 

OS PODEROSOS MANDAM

Uma cidade com quase 50 mil habitantes, fica várias dias sem a única agência do Banco do Brasil, simplesmente porque é política deste gigantesco banco não investir em segurança. Alegando que falta segurança em Guajará Mirim (em que comunidade neste país pode-se dizer que ela existe, plenamente?), a agência simplesmente parou de atender, deixando a população se virar apenas com os caixas eletrônicos, que, também eles, por vezes não funcionam. É uma vergonha, um acinte, uma agressão contra o consumidor, para o que os órgãos responsáveis pela fiscalização fecham os olhos, certamente para não “incomodar” o poderoso Banco. Continuam permitindo  que ele cometa essa agressão aos seus clientes, apenas porque não quer investir em sua própria segurança. Em Porto Velho, agências também são fechadas em finais de semana, sob o mesmo argumento, sem que ninguém proteste ou que o bilionário Banco do Brasil seja multado e pague por desrespeitar a população. É uma vergonha, em que Guajará Mirim é apenas mais uma vítima…

 

COMEÇANDO A BATALHA!

A corrida eleitoral para 2018 já começou, é claro. Principalmente aos candidatos à reeleição à Assembleia e Congresso, têm  duplicado suas atividades em todo o Estado, cada um concentrando o trabalho principal, é claro, na sua região de origem. Os 24 deputados estaduais, que teoricamente vão disputar o pleito (provavelmente entre 21 e 22 vão tentar se manter no parlamento), não param de correr para lá e para cá. Vão de visitas a obras até batizados e enterros. Usam as redes sociais, principalmente, para falar do seu trabalho e prestar contas, além de outros tipos de mídia. Como já são personagens conhecidos da política, têm essa vantagem na briga pelo voto. Mas há os que têm desvantagem pelo mesmo motivo: ser conhecidos, até demais…Em relação ao Congresso, ainda há dúvidas. Dos três senadores, só Valdir Raupp deve buscar a reeleição. Dos atuais deputados federais, ao menos seis vão entrar na briga para se manterem onde estão. Dois poderão buscar outros caminhos. Veremos no que vai dar…

NINGUÉM FALA NO PRINCIPAL

O caso do anormal que ataca mulheres dentro dos ônibus, preso 18 vezes e solto 17, transformou o assunto em grande tema de debate nacional. As mulheres, cheias de razão, protestaram com veemência, apesar de algumas que se autodenominam  “líderes femininistas”, terem dito inúmeras asneiras. Mas sobre a essência do problema, mais uma vez, pouco se comentou. Ora, como um magistrado vai mandar prender um tarado, se as leis existentes dizem que isso não é crime grave? A nova prisão do mesmo tarado, depois da 17ª vez, se deveu a pressões da opinião pública e redes sociais. Para mandar prender o criminoso contumaz, o magistrado agora teve que exagerar na interpretação da lei pífia que existe para esses casos e para tantos e tantos atos criminosos. Ou seja, não haverá combate eficaz ao crime (e a qualquer tipo de crime), enquanto tivermos leis que são contra as pessoas de bem e protegem os bandidos. Mas isso, com todas as letras, ninguém gosta de dizer, porque não é “´politicamente correto!”. Chega dar nojo!

 

PERGUNTINHA

O Presidente Temer volta ao Brasil nessa terça, mais uma vez acuado por denúncias de corrupção. Até quando teremos no comando do País, políticos com esse ?

Mergulhadores inspecionam constantemente barragem da Hidrelétrica Santo Antônio

Dentre os procedimentos de Operação e Manutenção que garantem o funcionamento da Hidrelétrica Santo Antônio está um serviço que não é visto: as equipes de mergulhadores que inspecionam rotineiramente as estruturas que ficam submersas nas águas turvas do rio Madeira.

São duas equipes que fazem serviços rotineiros e eventuais de inspeção nas grades de tomada d’água das turbinas para verificar se não há sedimentos ou madeiras atrapalhando a geração de energia, em mergulhos de até 40 metros abaixo da superfície.

Outro trabalho importante executado pelos mergulhadores é a inspeção nas grades do Log Boom assim como a limpeza e manutenção nesta estrutura, que são os cordões de boias que conduzem as galhadas e troncos para o vertedouro específico, permitindo que esse  material siga o fluxo natural do rio.

 Para a execução destas atividades são seguidas todas as normas estabelecidas pela Diretoria de Costas e Portos da Marinha – DPV, Ministério do Trabalho e Emprego e procedimentos internos de segurança da Santo Antônio Energia.

Antes de cada mergulho, o técnico realiza um check-list com o supervisor de mergulho e a equipe para se certificar todos os equipamentos, como o sistema  de captação de áudio e vídeo, compressor de ar, cilindros de ar comprimido, etc., estão funcionando corretamente.

Santo Antônio Energia

É a concessionária responsável pela construção e operação da Hidrelétrica Santo Antônio, localizada no rio Madeira, em Porto Velho (RO), e pela comercialização da energia gerada. Quarta maior geradora hídrica do país, a Hidrelétrica Santo Antônio se consolida como a Nº 1 em sustentabilidade, de acordo com avaliação da International Hydropower Association (IHA), organização sem fins lucrativos, fundada há quase 20 anos com o suporte da Unesco, e que atesta a sustentabilidade de empreendimentos hidrelétricos.

Assessoria Comunicação Corporativa – Porto Velho
Carla Nascentes –

Léo Moraes solicita Posto Avançado de cartório e melhorias na saúde para União Bandeirantes

 

População do importante distrito de Porto Velho agora tem serviços cartoriais graças ao Posto Avançado

Moradores de União Bandeirantes não precisarão mais se deslocar para outras localidades para realizarem serviços cartoriais. Em reunião com Corregedor Geral do Tribunal de Justiça de Rondônia, desembargador Hiram Marques, o deputado Léo Moraes (PTB) solicitou um Posto Avançado de cartório no distrito.

“Sempre que necessitam realizar algum serviço cartorial, os moradores precisam se deslocar para Jacy- Paraná, cerca de 70 quilômetros de União de Bandeirantes. Queremos que eles realizem essas atividades no distrito. Na prática, a instalação do posto permite que a comunidade execute serviços como escrituras, reconhecimento de firmas, registro de nascimento, autenticações, entre outros. Espero que nossa solicitação seja atendida, pois vai facilitar muito a vida das pessoas”, explicou o deputado.

Léo Moraes também quer que outras providências sejam feitas em União Bandeirantes, entre elas, o deputado pretende, por meio de uma emenda parlamentar, solicitar uma máquina de Raios-X ou de ultrassonografia para o posto de saúde da região. A ideia é conversar com a Secretaria Municipal de Saúde, e por meio de parceria, fazer o pedido dos aparelhos.

“O atendimento na saúde pública é uma das dificuldades enfrentadas pela comunidade. Queremos ajudar no que for possível para mudar esta realidade. Pretendemos também melhorar o posto de saúde do distrito para que ele tenha estrutura, material e profissionais capacitados para assim funcionar 24 horas e atender os pacientes com mais conforto e dignidade”, concluiu o deputado Léo Moraes.