quinta-feira, janeiro 24, 2019
Início Site Página 245

HABITAÇÃO – Prefeitura realiza projeto  social no Porto Madero III

 
 
A comunidade foi provocada a fazer reflexões sobre seu papel como cidadão e zelo do patrimônio adquirido

A prefeitura de Porto Velho intensifica as ações de educação ambiental, sanitária e patrimonial nos projetos de trabalho social nos empreendimentos do programa Minha Casa, Minha Vida. As atividades são encabeçadas pela Secretaria Municipal de Regularização Fundiária e Habitação (Semur), por meio do Departamento de Projetos Sociais do órgão e em parceria com técnicos da Subsecretaria de Meio Ambiente (Sema).

Na quinta-feira (22), o trabalho foi realizado no Condomínio Porto Madero III, na zona Leste da cidade e contou com a participação de 160 pessoas, entre crianças, jovens e adultos, durante a Oficina de “Educação Ambiental, Sanitária e Patrimonial”, que é um dos principais eixos abordados com os moradores.

Foram utilizadas várias dinâmicas educativas com as crianças e adolescentes, com o objetivo de despertá-los para a temática do meio ambiente. Técnicas como o teatro de fantoche, apresentação da Peça “A Fábula do Beija Flor” e filmes educativos fizeram um enorme sucesso junto à meninada, e ao final o brinde tão esperado pelos pequeninos: a pintura de rosto, também conhecida como make arte.

As atividades para os adultos aconteceram no Salão de Convivência do condomínio. Inicialmente foi abordado o tema Gestão Patrimonial, repassado de forma interativa pelo professor Rennê Lobo, consultor e especialista em administração pública. As temáticas Educação Ambiental e Sanitária foram abordadas por Yaylley Fezini, engenheiro ambiental da Sema, que esclareceu sobre os malefícios à saúde e ao meio ambiente, causados pelas queimadas urbanas.

O secretário Robson Damasceno, da Secretaria Municipal de Integração, também prestigiou a atividade, fazendo uma breve explanação sobre os cuidados com o meio ambiente tanto na atividade direcionada as crianças e adolescentes, como também na ação voltada para os adultos. Damasceno ainda falou da importância da parceria no planejamento para arborização dos condomínios.

Para a secretária Márcia Luna (Semur), que articulou a parceria com a Sema, a educação sanitária é uma modalidade importante de intervenção ambiental discutida pelo Projeto Social, que além de fortalecer a comunidade, aguça reflexões para temática meio ambiente, estimulando o protagonismo dos cidadãos beneficiários que junto a outros eixos do projeto social contribuirá para sustentabilidade do empreendimento.

Durante as discussões, a comunidade foi provocada a fazer várias reflexões sobre seu papel como cidadão e ainda o seu dever para zelo do patrimônio adquirido. Dúvidas sobre hortas comunitárias, plantio de árvores e coleta adequada do lixo, foram dirimidas. A programação teve continuidade na noite de sexta feira (23), no Condomínio Porto Madero IV.

Ciclo da vida

 

 O fim pode ser o prenúncio de um novo começo, pois na natureza tudo se sucede numa ordem determinada, tudo gira de forma sincronizada e os ciclos se completam de forma que cada fim origina um novo começo.

No inverso tudo gravita, em torno de um ser maior, em ciclos contínuos e infinitos. Penso que a existência da vida, na terra, tem relação direta com seus movimentos rotacionais e transacionais.

Sem o movimento de rotação não teríamos dias e noites, e sem o movimento de translação não teríamos as estações do ano, ou seja, sem tais movimentos o tempo seria estático. Se o tempo fosse estático não teríamos consciência do passado e nem perspectivas do futuro. Não seria possível a existência dos ciclos da vida e, consequentemente, não teríamos os ciclos biológicos que é a sucessão das formas de um ser vivo, de uma geração à geração seguinte.

A vida é como um filme construída cena a cena, com atores e cenários diversos. Alguns cenários, alguns atores figuram conosco por longos tempos, outros nem tanto. Alguns deixam saudades outros não. Assim é a vida igual o ponteiro de um relógio, que a partir de sua entrada em funcionamento, conta continuamente, o passar do tempo. Não paramos para pensar, mas o tempo passa rápido e com ele passamos também.

Vale apena refletir acerca da construção do nosso filme. Pois no filme da vida não podemos voltar atrás e refazer as cenas e regravar aquilo que deu errado. Tudo é ao vivo, em tempo real. Uma vez praticada uma ação, seja ela boa ou ruim, ela existiu. Nem o arrependimento profundo nem o pedido de perdão eliminará a ação praticada. Podemos até amenizar os efeitos das ações negativas que praticamos, aprender com o resultado e moldar nosso comportamento para ações futuras, contudo isto não apagará o ato praticado. Portanto antes de tomarmos uma decisão, de falarmos alguma coisa para alguém devemos pensar muito bem. Não devemos agir por impulso, pois o nosso hoje reflete o que praticamos ontem.

Por outro lado, no filme da vida não sabemos qual cena iremos gravar no amanhã ou, até mesmo se existirá, para nós, o amanhã. Quantas vezes, programas nosso dia, nossa semana, nosso ano, e depois somos tomados por circunstâncias alheias a nossa vontade e toda programação é mudada. E o que dizer daquele que sai cedo de casa para o trabalho e repentinamente morre? Certamente este fato não estava na sua programação. Para saber mais acesse: www.agnaldonepomuceno.com.br

Agnaldo Nepomuceno

Fhemeron fará festa em 1º de julho para comemorar Dia Mundial do Doador Voluntário

A Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Estado de Rondônia (Fhemeron)promoverá, no próximo dia 1º, uma festa para agradecer aos doadores e também para lembrar o Dia Mundial do Doador Voluntário de Sangue, comemorado anualmente em 14 de junho. Segundo a assistente social Cássia Azevedo, a festa é uma forma de agradecer a todas as pessoas que se prontificaram a doar sangue, “muitas vezes para salvar vidas de pessoas que nem conhecessem. Um ato de amor ao próximo”.

Durante as festividades, será lançada a campanha “Você é a peça que falta, Seja Doador de Sangue”, e ainda serão sorteados brindes aos doadores de sangue. Cássia Azevedo disse que a ideia é também conscientizar a população sobre a importância de ser um doador.

A Fundação está funcionando aos sábados das 7h30 às 18h, o tem dado excelentes resultados. No último sábado (17), foram atendidas 101 pessoas, das quais 83 estavam aptas e fizeram a doação de sangue. “Geralmente fechamos parcerias com empresas e instituições que mobilizam as pessoas para que venham fazer a doação”, disse Cássia.

Mesmo trabalhando no sentido de buscar novos doadores a Fundação está sempre precisando de sangue, e os fatores negativos são os que mais faltam, a exemplo do O – e A -. O sangue tipo O + é o que mais tem saída, pois a maioria da população tem este tipo de sangue. A Fhemeron atende às unidades da rede pública e privada do estado.

Requisitos básicos para doar sangue:

  • Se tiver idade entre 16 e 18 anos incompletos, a doação só poderá ser realizada mediante consentimento dos pais ou responsáveis legais;
  • Ter idade até 69 anos, 11 meses e 29 dias de idade, sendo que a primeira doação deve ter sido feita antes dos 60 anos;
  • Ter peso igual ou superior a 50 kg;
  • Estar alimentado, mas evite alimentos gordurosos nas três horas que antecedem a doação. Caso seja após o almoço, aguardar duas horas;
  • Ter dormido pelo menos seis horas nas últimas 24 horas.

Impedimentos temporários para doar sangue:

  • Se estiver gripado, resfriado, com febre, espere 7 dias após o desaparecimento dos sintomas;
  • Período gestacional;
  • Período pós-gravidez: 90 dias para parto normal e 180 dias para cesariana;
  • Amamentação;
  • Ingestão de bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a doação;
  • Tatuagem e/ou piercing nos últimos seis meses (piercing em cavidade oral ou região genital impedem a doação);
  • Não ter feito exames/procedimentos com utilização de endoscópio nos últimos seis meses;
  • Comportamento de risco para doenças sexualmente transmissíveis: aguardar 12 meses.

Critérios definitivos de impedimentos.

  • Hepatite após os 10 anos de idade;
  • Evidência clínica ou laboratorial das seguintes doenças transmissíveis pelo sangue: hepatites B e C, Aids (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II e Doença de Chagas;
  • Uso de drogas ilícitas injetáveis;
  • Malária.

Homem pode doar a cada 60 dias e mulher a cada 90 dias. A Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Estado de Rondônia de Porto Velho, Fica localizada na Avenida Governador Jorge Teixeira, 3766, bairro Industrial, telefone (69) 3216 – 5485.

Prefeito promove mudanças em sua equipe de governo

O prefeito dr Hildon Chaves promoveu novas mudanças em sua equipe de governo na manhã desta segunda-feira (26). O chefe de gabinete, Breno Mendes foi deslocado para a Presidência da Empresa Municipal de Desenvolvimento (Emdur) enquanto que em seu lugar foi nomeado o ex-secretário Municipal da Fazenda, Luiz Fernando Martins.

Para assumir a titularidade da Semfaz, foi indicado o ex-secretário adjunto de Contabilidade, Luiz Henrique Gonçalves. Para seu lugar foi içado o ex-assessor executivo Especial, José Abrantes Alves de Aquino. Com essas alterações, pela primeira vez na história todo o comando da Secretaria Municipal da Fazenda está nas mãos de servidores do quadro próprio da Prefeitura, desconectados de interferência partidária.

Com relação à ida do advogado Breno Mendes, o prefeito dr Hildon disse que precisa dar uma dinamizada nas ações de iluminação pública nos quatro cantos da cidade e para isso repassou orientações específicas sobre a forma de atuação que deseja para a Emdur.

Além disso, a iluminação pública é um dos serviços que a municipalidade pensa passar para a iniciativa privada, por meio de Parceria Público Privada, sendo que o novo presidente assume com a incumbência de começar a preparar a empresa para essa nova fase. A presidente-interina, Dalmar Pereira dos Santos volta a ocupar uma das diretorias da empresa.

Anticoncepcional do laboratório Bayer têm 13 lotes suspensos por resultados insatisfatórios.

 

A Anvisa suspendeu a distribuição, comercialização e uso de 13 lotes do medicamento Gynera (gestodeno + etinilestradiol). Os lotes dos contraceptivos fabricados pela Bayer S.A. apresentaram resultados que não atendem à legislação sanitária vigente. Medida foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira (26/6).

Segundo o comunicado de recolhimento voluntário da empresa Bayer S.A., os lotes dos medicamentos em questão apresentaram resultados insatisfatórios quanto ao estudo de estabilidade.

Além da suspensão dos lotes da Gynera, a resolução RE 1.698 de 23 de junho de 2017 determina que a empresa promova o recolhimento do estoque existente no mercado. Confira os lotes suspensos:

MEC divulga resultado da segunda chamada do Programa Universidade Para Todos

O Ministério da Educação divulgou hoje (26), na internet, o resultado da segunda chamada do Programa Universidade para Todos (ProUni). Os candidatos pré-selecionados nesta edição do segundo semestre de 2017 têm até o próximo dia 30 para apresentar nas instituições de ensino os documentos que comprovem as informações prestadas no momento da inscrição.

Após conferir o resultado do ProUni, o candidato pré-selecionado deve verificar na instituição os horários e o local de comparecimento para apresentar as informações necessárias. A perda do prazo ou a não comprovação das informações implicará, automaticamente, a reprovação. A lista com a documentação a ser apresentada está disponível na página do programa.

Aqueles que não foram selecionados em nenhuma das chamadas do ProUni do segundo semestre de 2017 podem ainda participar da lista de espera, de 7 a 10 de julho.

O ProUni seleciona estudantes para receber bolsas de estudo integrais e parciais em instituições particulares de ensino superior com base na nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Neste processo seletivo, foram ofertadas 147.492 bolsas em 1.076 instituições privadas de educação superior em todo o país.

Puderam se inscrever para concorrer a uma bolsa do ProUni os estudantes que fizeram a prova do Enem de 2016 e obtiveram no mínimo 450 pontos na média das notas do Exame. É preciso, ainda, ter obtido nota na redação que não seja zero.

O programa atende os estudantes que concluíram o ensino médio na rede pública e os que estudaram na rede particular na condição de bolsistas integrais. Podem concorrer a bolsas integrais quem comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Às bolsas parciais de 50%, podem concorrer aqueles com renda familiar, por pessoa, de até três salários mínimos.

Chamada da lista de espera da segunda edição do Sisu começa nesta segunda-feira

Começa nesta segunda-feira, 26, a convocação dos alunos que ficaram na lista de espera da segunda edição de 2017 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Segundo o MEC, o chamamento dos estudantes para a matrícula será feito pelas instituições de ensino, mas os candidatos devem acompanhar as convocações da lista de espera na instituição pela qual tenha manifestado interesse.

A lista de espera do Sisu foi aberta aos candidatos que não foram selecionados na chamada regular ou que foram aprovados somente para a segunda opção de curso, tendo ou não feito a matrícula. A lista é restrita à primeira opção de vaga do candidato.

No último processo, o Sisu ofereceu 51.913 vagas em 1.462 cursos de 63 instituições de ensino, entre universidades federais e estaduais, institutos federais e instituições estaduais. O Sisu é o sistema informatizado gerenciado pelo MEC que oferece vagas no ensino superior público com base na nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Sancionada medida provisória que permite descontos para compras feitas em dinheiro

O presidente Michel Temer sancionou a lei que possibilita descontos para os consumidores caso o pagamento seja feito em espécie, e não em cartão de crédito ou débito. A lei que regulamenta a diferenciação de preços tem como origem a Medida Provisória (MP) 764/2016. A cerimônia de assinatura da sanção presidencial ocorreu no fim da manhã de hoje (26), no Palácio do Planalto.

Além de permitir que os comerciantes cobrem preços diferenciados para um mesmo produto em função da forma de pagamento, a medida possibilita a variação do valor em função do prazo de pagamento.

Entre as mudanças feitas pelo Congresso ao texto original está a obrigação do fornecedor de informar, em lugar visível, os descontos que são oferecidos, tanto com relação ao meio de pagamento quanto em relação ao prazo. O comerciante que não cumprir essa regra estará sujeito a multas previstas no Código de Defesa do Consumidor.

A diferenciação de preços já estava valendo, uma vez que ela foi apresentada por meio de MP. No entanto, como sofreu alterações durante a tramitação no Legislativo, precisa ser sancionada pela Presidência da República para virar lei.

A MP foi apresentada pelo Executivo, em meio a um pacote de medidas macroeconômicas que foram publicadas sob a justificativa de possibilitar o aumento da produtividade no país.

A expectativa é de que, ao permitir a diferenciação de preços, ela estimule a queda do valor médio cobrado pelos produtos, de forma a evitar que consumidores que não usam o cartão como forma de pagamento paguem as taxas dos cartões, quando embutidas nos preços dos produtos.

Reunião

Nesse domingo (25) à noite, o presidente Temer se reuniu com parlamentares e ministros no Palácio do Alvorada. Oficialmente, a reunião foi feita com o objetivo de “discutir a pauta de votações no Congresso”. Participaram dela o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e os líderes do governo no Congresso, André Moura (PSC-SE), e na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB).

Também estiveram presentes os ministros da Fazenda, Henrique Meirelles, da Justiça e Segurança Pública, Torquato Jardim, da Casa Civil, Eliseu Padilha, da Secretaria de Governo da Presidência, Antônio Imbassahy, da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, do Gabinete de Segurança Institucional, Sérgio Etchegoyen, e das Relações Exteriores, Aloysio Nunes.

Governo vai contratar mais de 200 jovens para serviços administrativos na PM e Bombeiros; edital sai em julho

O Governo de Rondônia vai selecionar 250 jovens, desempregados, com idade entre 18 e 23 anos, para prestar serviços administrativos na Polícia Militar e no Corpo de Bombeiros Militar. A contratação está prevista na lei estadual que criou o Programa de Prestação Voluntária de Serviços Administrativos (PPVSA).

nas a assinatura do decreto que regulamenta a lei e o lançamento do edital de seleção. A previsão é de que o processo seletivo inicie ainda na primeira quinzena de julho. O curso para os selecionados deve iniciar em setembro.

Segundo o coronel André Luiz Glanert, da Gerência de Integração Policial e Fronteiras da Secretaria de Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), serão destinadas 220 para a Polícia Militar e as outras 30 para o Corpo de Bombeiros. Os números correspondem proporcionalmente ao efetivo de cada instituição. Das vagas oferecidas, 10% são destinadas a pessoas portadoras de necessidades especiais.
“É um emprego temporário com duração de um ano, que pode ser renovado por mais um se houver interesse das duas partes”, explicou o coronel Glanert. Das vagas oferecidas, 10% são destinadas a pessoas portadoras de necessidades especiais.

A remuneração, segundo Glanert, neste caso chamada de auxílio mensal, é de R$ 1.288. Se o contrato for estendido por mais um ano será acrescido de mais R$ 200.

Os candidatos serão selecionados através de prova teórica e exame médico. A escolha é diferente da que seleciona militares.

O processo será conduzido por uma comissão de servidores da Sesdec, seguindo modelo utilizado pelas unidades militares no recrutamento de civis.

O PPVSA foi institucionalizado no final de março deste ano. Além de oferecer oportunidade de trabalho a jovens em situação de vulnerabilidade, propõe a liberação, para atividades operacionais, de policiais que estão em serviços administrativos.

Os servidores voluntários vão atuar nas atividades relacionadas ao videomonitoramento, call center 190, atendimento ao público e em algumas unidades e serviços administrativas, como arquivamento e produção de documentos.
“Colocar servidor voluntário no serviço administrativo significa que o policial que foi preparado para a parte operacional voltará à atividade fim, o policiamento ostensivo”, destacou o coronel.
Inicialmente, os voluntários serão empregados em locais onde o efetivo está incompleto. Não significa necessariamente que os 250 policiais serão liberados para as atividades operacionais. Os servidores voluntários terão carga horária de seis horas, enquanto os policiais cumprem 12 horas.

Os voluntários serão distribuídos em todo o estado, nas regiões onde houver instalada uma Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp), Serviço de Monitoramento e Central 190.

A previsão de Glanert é de que haverá, imediatamente, melhora no serviço do 190, principalmente em Porto Velho, com a redução do tempo de resposta e incremento na atividade operacional.
Treinamento

Os voluntários receberão treinamento específico para cada área de atuação e sobre a estrutura da organização onde forem lotados. “Não será a mesma formação que é transmitida aos policiais”, adiantou o coronel Glanert.

Outra vantagem que a intervenção dos voluntários trará é a melhoria a algumas centrais de videomonitoramento. A observação atenta das imagens, em tempo real, favorecerá a prevenção. Diante de um movimento suspeito em torno de um carro, por exemplo, será possível acionar imediatamente o policiamento para evitar um crime.
Antes de ser instituído em Rondônia, o serviço administrativo voluntário já foi testado em alguns estados do País. Em Santa Catarina, por exemplo, funciona desde 2008, com 750 vagas, com resultados positivos.

Escola é beneficiada com emenda parlamentar de Cleiton Roque

O deputado estadual Cleiton Roque (PSB), participou na manhã de sexta-feira (23), no município de Pimenta Bueno, de assinatura de ordem de serviço para construção de cinco salas de aulas para atender alunos da Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental, Maria da Conceição Ramos do Amaral Crivelli.

A escola foi beneficiada com emenda parlamentar individual do deputado Cleiton Roque, no valor de R$ 257 Mil e teve contrapartida de mais R$ 38 Mil do município, totalizando R$ 295 Mil para serem investidos.

“Hoje vejo isso como mais um ato de cumprimento da nossa obrigação, pois é um retorno do dinheiro da população para a população em forma de benefício, pois necessitam de serviços públicos de melhor qualidade”.

Roque parabenizou o Conselho Escolar e a união dos pais de alunos da escola Crivelli, ao atual vereador Alexandre Oliveira (PSB) na época seu chefe de gabinete, pois por causa de provocação feita por todos no final de 2015, foi incluído no orçamento do estado 2016 a ordem de R$ 257 mil para ser conveniado com o município.

O vice-líder do governo na assembleia legislativa destacou a eficiência da equipe da prefeita Juliana Roque por conseguir uma economia em torno de R$ 50 mil reais na licitação, “Nós vamos solicitar do governo do estado uma ampliação de metas para iniciarmos mais uma etapa de reforma no último pavilhão construído. A prefeita já assumiu o compromisso de aditivar o contrato em mais 25%”.

Roque também informou ter pedido para a secretária de educação Claudinéia, para que junto com sua equipe trabalhe urgente na elaboração de projeto para mais etapa de reforma na escola, “Com o projeto estarei garantindo recurso para construção de um refeitório”.

Ao concluir sua fala, Roque enfatizou ser um desafio seu, da prefeita e vice-prefeito e de todos os vereadores, “É o esforço de todos que faz propiciar conquistas como esta, mas só ficarei feliz e com sentimento de dever cumprido quando entregarmos 100% da reforma, dando condições dignas para nossas crianças”.

A prefeita de Pimenta Bueno, Juliana Roque (PSB) agradeceu ao deputado pela liberação do recurso, “Nós sabemos das condições atuais e parabenizamos a toda equipe pedagógica aqui trabalhando e aqueles que já trabalharam, são verdadeiros guerreiros, pois mesmo diante de dificuldades sempre desempenharam suas funções com grandeza, oferecendo educação de qualidade para os alunos. Hoje estamos assinando a ordem de serviço para a construção dessas salas e reforçando o compromisso de fazermos o melhor por essa escola, pois educação é o princípio de tudo é base e devemos olhar com mais carinho”.

O vereador Alexandre Oliveira (PSB), felicitou o deputado pela sensibilidade em atender ao pedido, “Hoje é um momento histórico nesta escola sendo contemplada com esse benefício tão importância para os alunos e pedagogos. Com certeza terão melhor conforto e consequentemente rendimento escolar bem melhor”.

A diretora Simone de Oliveira se emocionou ao falar dos tantos anos de espera, “Somos muitos gratos por essa conquista e queremos mais, até a escola estar completamente em condições adequadas para atender aos alunos, equipe pedagoga e comunidade”.

Simone ressaltou a importância das gestões anteriores e atuais e Conselho escolar para essa conquista. Agradeceu a prefeita, ao deputado e a secretária municipal de educação que também já foi diretora da escola, Claudinéia Gimenes.

A escola atende aproximadamente 500 alunos e a previsão para conclusão da obra de construção das salas de aulas é de 120 dias.