Nesta segunda feira, 17/10, pais de alunos que moram na zona rural e dependem do transporte escolar para estudarem, se reuniram na escola Jayme Peixoto de Alencar para protestarem pela falta do transporte, que desta vez, de acordo com testemunho dos pais, já completam 15 dias.

Para tanto, os pais solicitaram a presença do Site Mão Amiga para registro dos fatos.

Em relato, os pais disseram que esta já é a terceira vez que acontece paralisação do transporte escolar este ano de 2016, e mais ainda, a paralisação dos ônibus somam pelo menos, 60 dias letivos.

transporte-escolar-12 transporte-escolar-11

O diretor da escola Jayme Peixoto, temendo exaltação dos manifestantes, solicitou a presença da PM. A guarnição informou que enquanto a movimentação se desse pacífica, o trabalho deles seria somente de observação.

RETORNO DOS ÔNIBUS.  

O site Mão Amiga acompanhou as conversas sobre os motivos da paralisação:

Da parte da SEDUC Extrema, a informação é que o pagamento do convênio do transporte escolar está em dia.

transporte-escolar-7

Da parte do município é que o convênio do estado está atrasado, contudo regulariza esta semana, e outra informação vem dizendo que a empresa de transporte escolar está em falta de documentação, por isso não foi feito o repasse do pagamento.

AÇÃO DOS PAIS – POLÍCIA CIVIL E MINISTÉRIO PÚBLICO

Desta vez os pais não querem somente o retorno do transporte escolar, uma comissão se dirigiu até a polícia civil, onde fizeram um boletim de ocorrência contra a paralisação dos ônibus escolares, já pela terceira vez este ano.

transporte-escolar-20 transporte-escolar-19

Um dos pais, em relato ao oficial de justiça comentou que se um pai deixa de mandar seu filho para a escola, sem justificativa, pode até ser preso, contudo seus filhos já perderam cerca de 60 dias de aula e não houve nenhuma providência real para solucionar o problema. transporte-escolar-16transporte-escolar-14

Além do BO na polícia civil, os pais fizeram uma queixa formal ao ministério público para exigir o direito de seus filhos terem as aulas que perderam, pois o transporte escolar , mais cedo ou mais tarde retornam, porém a matéria que eles perderam não é reposta, e esta é a reivindicação desta vez.

LEI DA EDUCAÇÃO EXIGE 200 DIAS LETIVOS

A Lei de Diretrizes e Base da Educação Nacional exige 200 dias letivos, e diz que 25% de falta reprova, que seriam 50 dias de falta. A grande reclamação dos pais é pelos dias de falta que já ultrapassa os 25% , e segundo informações dos pais, seus filhos não serão penalizados pelas faltas, mas e o conhecimento, reforçam os pais.

PARALISAÇÃO DAS AULAS E A VOLTA DOS ÔNIBUS

Uma comissão de pais visitou a escola José Augusto e a escola 13 de Maio, explicando a situação e pedindo apoio para paralisarem as aulas até o retorno dos transporte escolar, pedido que foi atendido pela direção das duas escolas.

A direção da escola Jayme Peixoto de Alencar, a princípio relutante, aceitou paralisar também.

transporte-escolar-3

Os pais receberam a notícia de que até quinta ou sexta feira, no máximo, os ônibus escolares estarão novamente funcionando, independentemente de quem é a falta pelo pagamento, estará resolvida até esta data.

Jornalista  J.Donizete   DRT/RO  1346

Pais de alunos da zona rural paralisam escolas de Extrema

Comentários

comentários