Com atuação da equipe de Auditores Fiscais lotados na CRE (Coordenadoria da Receita Estadual)  da SEFIN (Secretaria de  Estado de Finanças), o Estado de Rondônia obteve êxito na recuperação de mais de R$ 23 milhões de reais. Esse valor corresponde a apenas os seis últimos meses de 2016.

Foram emitidos mais de 19 mil Documentos de Arrecadação de Receitas Estaduais (DARE) e Notificações com êxito no recolhimento. Dentro das arrecadações estão Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS), Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), Imposto de Transmissão Causa Mortis e Doação (ITCD) e Multas.

Não inscritos na dívida ativa

Inscrito em dívida ativa

TOTAL

Quant. DARE

ICMS

R$8.762.249,62

R$ 7.057.405,50

R$ 15.819.655,12

5.594

IPVA

R$ 1.283.653,21

R$ 2.713.061,51

R$ 3.996.714,72

11.707

ITCD

R$ 1.173.464,55

R$ 1.173.465,55

1.041

MULTA PUNITIVA

R$ 1.862.323,66

R$ 457.750,83

R$ 2.320.074,49

1.465

TOTAL

R$ 13.081.691,04

R$ 10.228.217,84

R$ 23.309.908,88

19.807

Período: 27/06 a 31/12/16

O auditor fiscal é uma das categorias mais importantes no organograma do Estado. Está sobre a sua competência arrecadar impostos estaduais e coibir a sonegação e evasão fiscal. Os valores obtidos na recuperação de receitas asseguram políticas públicas para Rondônia como, o pagamento dos salários dos servidores públicos, melhorias nas estradas, investimentos em educação, saúde e segurança.

“Nosso trabalho é de fundamental importância na engrenagem da economia do estado e garante que os valores pagos em impostos pelo cidadão contribuinte na aquisição de mercadorias e serviços, retornem na forma de serviços prestado pelo poder público, gerando bem estar e qualidade de vida para a toda a população”, explicou Mauro Bianchin, presidente do Sindicato dos Auditores Fiscais de Tributos Estaduais de Rondônia (Sindafisco).

Departamento de Comunicação

Comentários

comentários