A recolocação dos vendedores ambulantes é uma necessidade para melhorar a mobilidade do centro e organizar de forma adequada a atividade desses empreendedores.

O presidente Antônio Ribeiro das Neves do Sindicato dos Lojistas de Rondônia-SINDILOJAS- Sindicato filiado a Fecomércio/RO e a presidente Joana Joanora da Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL foram recebidos em audiência pelo prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves. O ponto principal da pauta da reunião foi a reivindicação e apresentação de propostas à Prefeitura, para designação de um espaço adequado para a instalação dos vendedores ambulantes, que atualmente ocupam, irregularmente, as calçadas dos centros comerciais de Porto Velho.

A reunião foi realizada no gabinete do prefeito, solicitada oficialmente na semana passada pelo Sindilojas e o CDL, Joanora das Neves, fez um resgate de sua trajetória no ramo comercial, enfatizando o período em que foi também vendedora ambulante e que, por isto, não é contra os ambulantes.

O presidente do Sindilojas Antônio Ribeiro, solicitou ao prefeito que seja designado um espaço adequado para os camelôs, como são popularmente conhecidos, resgatando a mobilidade do consumidor, atualmente obstruída com a ocupação desorganizada das calçadas, que limita o transeunte e prejudica o comerciante legal, inclusive caracterizando de forma negativa o vendedor ambulante, além de dificultar a fiscalização da Prefeitura.

O prefeito Hildon Chaves, avaliou a reivindicação do comércio, e se comprometeu de elaborar uma proposta alternativa de local provisório para a instalação dos vendedores ambulantes, neste momento, seria o do ex-terminal de integração, desativado desde janeiro deste ano. O Prefeito se comprometeu em trabalhar para executar o mais breve possível este compromisso, mas, solicitou o apoio dos empresários presentes no sentido de sensibilizar a categoria, bem como a população em geral para as dificuldades que a recolocação envolve. Na reunião também foi solicitado, pelos empresários presentes, que a Prefeitura, em parceria com o Governo do Estado e Polícia Militar, viabilize a instalação de centrais de monitoramento eletrônico nos principais centros comerciais de Porto Velho para oferecer mais segurança aos comerciantes e consumidor.

Comentários

comentários