Casa do Guajará no Campeonato Rondoniense, o Estádio Municipal João Saldanha ainda não está devidamente liberado para receber os jogos do estadual e não apresentou os laudos necessários à Federação de Futebol de Estado de Rondônia, FFER. O prazo inicial dado pela FFER era até o último dia 1, mas como apenas um estádio estava com os laudos em dia, o prazo acabou sendo prorrogado até a próxima quarta-feira, 8, para que os demais clubes pudessem providenciar a liberação junto aos órgão competentes.

Segundo a Secretaria Municipal de Administração (Semad), alguns reparos foram feitos dentro e fora do estádio e o local poderá sim ser palco de partidas na competição. A expectativa é que os laudos sejam entregues antes do novo prazo estabelecido pela FFER.

O diretor do João Saldanha, Saint-Clair de Freitas, disse que faltam poucos detalhes para que os laudos técnicos da Agência de Vigilância Sanitária e Corpo de Bombeiros sejam emitidos, pois o laudo da engenharia já está liberado.

– Está faltando apenas uma trava para a saída de emergência para depois os bombeiros realizarem uma vistoria e liberar o local. No banheiro interno precisamos colocar vidros e uma porta, mas não será problema, devemos entregar tudo antes do dia 8, com certeza – declarou o servidor da Semad.

A estrutura do estádio começou a receber reparos para o estadual há pouco menos de um mês. A cabine de imprensa, banheiros, vestiários e arquibancadas foram pintadas e receberam manutenção, além de toda fachada da frente, que também foi pintada.

O primeiro jogo do Guajará no João Saldanha será no dia 19 de março, contra o Vilhena. Até lá, a expectativa é que o gramado, que está ganhando tratamento especial, esteja em ótimas condições para o duelo.

Comentários

comentários