O líder Cinta Larga passou por vários procedimentos e permanece em observação.

O líder Cinta Larga na comunidade Tenente Marques, cacique João Cinta Larga (João Bravo) deu entrada na madrugada de domingo (12) no pronto socorro do Hospital Municipal de Espigão do Oeste. João Bravo foi submetido a vários exames hematológicos, permanecendo internado em observação medica.

João Bravo é o principal líder da etnia Cinta Larga que ocupam as terras da T I do Roosevelt na região de Rondônia e Mato Grosso. O sexagenário João Bravo é um dos sobreviventes do lendário “Massacre do Paralelo 11” que dizimou centenas de Cinta Larga na década dos anos 60.

14408119_676589005831703_1494335980_o

Na tarde do domingo, João Bravo recebeu a visita da Secretária de Saúde Jucilane Bordinhão que esteve acompanhada pela responsável técnica da CASAI (Polo base de Cacoal), Ivana Bueno Stocco Cassiano. A responsável pela CASAI relatou que atualmente os indígenas têm procurado o atendimento medico na cidade onde estão recebendo um atendimento diferenciado e com o devido respeito.

Segundo Ivana Stocco o Polo Base de Cacoal pertence ao DSEI Vilhena. Apesar da presente melhora em seu estado clínico, João Bravo permanecer internado em observação medica. O líder Cinta Larga esta acompanhado por um dos filhos, Weliton Cinta Larga que atua como intérprete uma vez que João Bravo não domina a língua portuguesa fluentemente.

Autor/Fotos: Luizinho Carvalho

Comentários

comentários