Quem não votou nem justificou nas últimas três eleições, deve ficar atento: o prazo para regularizar o título de eleitor se encerra nesta terça-feira. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), levantamento do dia 17 de abril contabilizou 1,9 milhão de eleitores nesta situação. Os que não estiverem em dia com o título de eleitor terão o documento cancelado automaticamente entre 17 e 19 de maio de 201

Estão sujeitos a perder o título de eleitor todos aqueles que deixaram de votar por três eleições seguidas, sendo importante considerar que cada turno é uma eleição. Ou seja, um eleitor que mora em uma cidade onde houve 2º turno nas eleições municipais, deixou de votar nas duas etapas e já havia faltado em 2014, alcança a marca. Não entram nessa lista os eleitores que se ausentaram em pleitos intercalados.

Como o voto é obrigatório no Brasil, caso o eleitor deixe de votar em três eleições seguidas e tenha o título cancelado, fica impedido de acessar uma série de serviços. Sem o documento, o cidadão não pode, segundo o TSE, emitir passaporte, prestar concurso público, assumir cargo público, renovar matrícula em instituições de ensino oficiais e até obter empréstimos em caixas econômicas estaduais e federais.

veja

Comentários

comentários