A Promotora de Justiça Marlúcia Chianca de Morais, da Comarca de Machadinho do Oeste, realizou reunião, na sexta-feira, 2 de maio, para discutir o cumprimento de compromissos firmados pela Seduc, no ano de 2016, entre eles a construção de uma Escola Estadual no Distrito Estrela Azul e a construção de várias salas de aulas nas demais escolas da Zona Rural do Município de Machadinho do Oeste, além da contratação de professores e demais servidores para as escolas estaduais.

Participaram da reunião, representantes da Secretaria Estadual de Educação, Prefeitura de Machadinho, Secretaria Municipal de Educação, Controladoria-Geral, Procuradoria-Geral do Estado, membros da Comissão e do Sindicato dos Servidores.

Na reunião, foram tratados outros assuntos relacionados à educação e ao reordenamento escolar. Na oportunidade, o secretário Estadual de Educação, Márcio Félix, informou que já foi aberto processo licitatório para a contratação de empresa responsável pela execução da construção da escola estadual e que tomará as providências necessárias para a execução da obra. De acordo com o secretário, a Seduc já está com processos em andamento para a contratação de professores e demais servidores.

Ficaram estabelecidos prazos para o cumprimento das propostas, bem como para assinatura de Termo de cooperação entre Estado e Município de Machadinho. De acordo com a Promotoria, tal demanda é oriunda do fato de que ao contrário de outros municípios, em Machadinho do Oeste, todos os anos vem aumentando o número de alunos na zona rural, em razão da quantidade de assentamentos, aliada à notícia a construção da Usina Hidrelétrica de Tabajara, exigindo a construção de mais salas de aulas e de disponibilidade de mais professores e servidores. Atualmente, na zona rual de Machadinho há 9 escolas Polos e 16 escolas multisseriadas.

Assessoria de Comunicação – ASCOM

Comentários

comentários