Uma portaria assinada pelo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, deve extinguir mais de 800 zonas eleitorais em todo país. A declaração, divulgada na última terça-feira, estabelece que os tribunais regionais eleitorais deverão extinguir zonas eleitorais localizadas no interior dos estados.

Em Rondônia, 13 zonas poderão ser extintas, o que segundo o Deputado Léo Moraes, prejudicaria a população no exercício da cidadania. “É uma proposta de economia da Justiça Eleitoral, mas prejudica os eleitores que terão que se deslocar longas distâncias para votar. Afirmou o parlamentar.

A portaria determina a eliminação pelos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) das zonas eleitorais que não estiverem de acordo com critérios e parâmetros estabelecidos nas Resoluções nªs 23.422/2014 e 23.512/2017 (mínimo 100 mil e no máximo 200 mil eleitores)

Além de encaminhar documentos em defesa da manutenção dessas zonas eleitoras, Léo também propõe aos deputados, magistrados e demais entidades, uma nota de apoio para ser entregue à bancada federal. “Queremos propor uma audiência no TSE, para que possamos expor a importância de rever essa decisão e quais os impactos que essa portaria pode causar nas próximas eleições.” Concluiu o deputado.

Comentários

comentários