Os servidores que recebem os salários atrasados não consegue honrar seus compromissos

Os servidores públicos municipais de Rolim de Moura já estão cansados de esperar pelo pagamento em dia. Todo mês é mesma coisa,  os servidores estão desmotivados por não receberem a remuneração em dia.

A Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), mais especificamente o seu art. 459, diz que o pagamento mensal do salário deve ser realizado no máximo até o 5º dia útil do mês subsequente ao vencido, mas em Rolim de Moura é diferente, o executivo paga conforme ele quer e o dia que ele quer, fragmentado, pois vários servidores receberam dia 16 de junho referente ao mês de Maio de 2017.

De acordo com a Vice-presidente do SINSEZMAT,  Monica Saraiva é inaceitável o Servidor Público Municipal sofrer com o não pagamento dos seus vencimentos em datas previstas por lei, o atraso salarial, revela que o tratamento dado pelo gestor público ao pagamento do seu funcionalismo é totalmente arbitrário. Isso porque o administrador deve atuar conforme a norma, em prol do interesse público.

Ao deixar de fazê-lo, estará violando os princípios administrativos da legalidade, da finalidade e definitivamente, o princípio da moralidade administrativa.

Os servidores que recebem os salários atrasados não consegue honrar seus compromissos financeiros, passando por situações vexatórias, com prejuízos à sua imagem e honra, o atraso no pagamento dos vencimentos compromete a vida dos servidores pela potencialidade no cumprimento de suas obrigações.

 

 

 

“O Executivo Municipal deveria ter analisado as aplicações desde o início do mandato, pois hoje nossos servidores não têm culpa da crise em que se encontra a prefeitura, os servidores trabalharam o mês todo e precisam receber seus salários, eles têm famílias para sustentarem e contas a pagar” finalizou Monica.

Fonte: Assessoria/SINSEZMAT

Comentários

comentários