Nesses cinco primeiros meses de mandato a vereadora Cristiane Lopes (PP) visitou pessoalmente 10 bairros em várias regiões da Capital, alguns por mais de uma vez, e junto com a equipe do gabinete, esse número chegou a 50.

Só de pedidos de providência, de janeiro a maio foram 300 e 40℅ deles foram atendidos pelas secretarias responsáveis. São ruas limpas, encascalhadas, pavimentadas, iluminação pública, instalação de faixa de pedestres e limpeza de terrenos. “Considero que o mais importante do trabalho do vereador é levar um resultado e uma resposta para a população. Fico muito satisfeita quando isso acontece”, ressalta.

Em seu gabinete na Câmara Municipal, a vereadora realizou cerca de 100 atendimentos e reuniões com lideranças comunitárias, secretários e representantes de conselhos municipais.

Cristiane Lopes aceitou o convite para ser presidente do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos das Mulheres. “Aceitei mais esse desafio para lutar pela realização de políticas públicas para as mulheres”. Ela também faz parte da Comissão Permanente de Defesa dos Direitos das Mulheres na Câmara Municipal e da Comissão de Saúde e Higiene Pública, além de ser presidente da Comissão Permanente de Defesa dos Direitos da Criança, do Adolescente e da Juventude.

Dando prioridade para a área da saúde neste primeiro ano de mandato, a vereadora conquistou junto ao deputado estadual Aelcio  da TV (PP) uma emenda no valor de 300 mil que deverá ser aplicada até o final de 2017.

O projeto de Lei n° 3490 de autoria de Cristiane Lopes, foi aprovado e agora o dia 23 de outubro é o Dia Municipal de Combate ao Câncer de Mama.

E com o objetivo de evitar gastos do dinheiro público sem necessidade, a vereadora ainda conseguiu economizar 85% da verba indenizatória, que é utilizada para gastos de manutenção dos trabalhos de gabinete. “A coisa pública deve ser tratada com mais seriedade. Não podemos desperdiçar o dinheiro que também é do povo. Faço o possível para gastar apenas o necessário”, destaca.

Larissa Malta
Assessoria de Comunicação

Comentários

comentários