Só no Brasil, um país que vive uma das maiores crises morais da história de um país latino americano (essa região ao sul do Planeta, que já viu quase tudo, mas faltava, claro, esse decadente e lastimável episódio da canalhice verde e amarela), que um criminoso condenado ainda dá as cartas na política. Sentenciado a 32 anos de cadeia, corrupto contumaz, idealizador e executor de um dos maiores e mais condenáveis sistema de corrupção que se tem notícia nessa parte do mundo (chamado de Mensalão); denunciado em vários processos que ainda sequer foram julgados e que, se condenado poderá ter sentenças de até um século, só aqui mesmo, nessa terra da tristeza, do lamento, mas da gozação com a cara da grande maioria da população, é que leis que protegem o crime deixariam em liberdade um perigoso condenado como o ex ministro José Dirceu. Não importa sua condenação a três décadas de cadeia. O Supremo acha que ele é inofensivo e pode ficar em casa, tranquilamente, apenas acompanhado do sua indefectível tornozeleira eletrônica. Aquela mesmo que alguns bandidões usam para sair da ´prisões, para continuar praticando seus crimes fora das celas. Segundo a revista Istoé, dessa semana, “José Dirceu voltou a operar nas sombras”. E vai mais longe. Publica ainda que “enquanto não retorna ao cárcere, o petista age nos bastidores: recebe companheiros em casa, influi nas decisões do PT, insufla a militância e mantém conversas de coxia com o ex-presidente Lula”.

A revista, de circulação nacional, amplia suas denúncias. Afirma que ‘a alegação oficial é de que o petista tem aproveitado o tempo fora do cárcere – exíguo, já que ele pode regressar à cadeia qualquer momento, basta que a segunda instância ratifique decisão do juiz Sergio Moro – para ficar em casa e desfrutar dos momentos com a família. Conversa fiada. Dirceu tem agido nas sombras. Mal completou dois meses de liberdade e o ex-capitão do time de Lula parece ter readquirido ritmo de jogo”. Como se fosse apenas um preso político injustamente condenado, sem nunca ter cometido qualquer crime, Dirceu chegou a emitir recado à  militância petista., através de uma mensagem gravada: “precisamos ocupar as ruas desse País. Precisamos reconquistar aquilo que ganhamos quatro vezes, que é o governo do Brasil”. Uma vergonha a mais para o Brasil e os brasileiros. Os mais pessimistas comparariam a uma espécie de  Fernandinho Beira Mar da política, querendo voltar ao poder. Para que? Perguntem ao juiz Sérgio Moro, que o condenou a 32 anos de prisão, que sabe  responder…

 

 

 

 

 

MENOS DE TRINTA

Não passaram de 30. Isso mesmo. Três dezenas. Embora nas redes sociais muita gente esteja vociferando contra o reajuste das passagens de ônibus, muitos ilustrando comentários com mentiras absurdas, o protesto convocado para o sábado de manhã, em frente à Prefeitura da Capital, foi ridículo. Partidos nanicos e sindicatos tentaram criar um factoide, chamando a população para a rua. Foi lamentável. Só o mesmo grupelho de sempre, em torno de duas dúzias e meia, com cartazes improvisados, deixou sua rotina para participar do tal encontro. Se todos dessem nome e endereço, não preencheria meia folha. Está na hora dessas entidades, sindicatos e nanicos acharem outras formas de protesto, porque chamar a população para a rua apenas para faturar politicamente, não está funcionando mais. O reajuste da tarifa é uma coisa boa? Claro que não é. Mas sem ela, as empresas de ônibus não sobrevivem. O ex  prefeito Mauro Nazif conseguiu destruir o sistema anterior, ao deixar o antigo consórcio sem aumento durante todo seu mandato. Não resolveu nada e só prejudicou empresas e usuários. A atual administração, ainda bem, não vai repetir esse erro.

 

TROCA SILENCIOSA

Silêncio total na Prefeitura da Capital, sobre a substituição, com pouco mais de seis meses no cargo, de um dos mais importantes secretários municipais, o da Educação. Sem informar a população sobre os motivos que o fez, o  prefeito Hildon  Chaves, exonerou Zenildo Gomes, mesmo com elogios que ele vinha realizando em seu trabalho. O novo titular do cargo (não se sabe até quando), é  Marcos  Aurélio Marques, que tem muitas qualificações para o posto, inclusive com graduações de Português e Inglês, entre outros títulos. Marcos Aurélio era o adjunto e em seu currículo tem também o trabalho realizado como analista pedagógico do Grupo Athenas, o grupo educacional de HIldon e sua família. Não há nada contra a mudança, porque o administrador tem o amplo direito de mudar quando e quem quiser. O único senão é a falta de transparência nessas mudanças. Alguém aí ouviu alguma informação oficial sobre o porquê da troca?

O POVO NAS RUAS

Carente de grandes eventos públicos de qualidade (o que se vê por aqui são shows caríssimos desses cantores sertanejos horrorosos, que destruíram a música popular brasileira), quando aparece alguma promoção gratuita, de grande porte, na Capital, a presença do público é imensa. Foi o que aconteceu nesse sábado, na área da Base Aérea, com a presença de milhares de pessoas para visitarem as aeronaves expostas, participarem de várias festividades e ainda para acompanharem de perto um show da sempre espetacular Esquadrilha da Fumaça. O final da tarde culminou também com grande público no Espaço Alternativo. Muita gente que iria para outra área de lazer da cidade (o Parque Circuito) desistiu, porque ali é área de drogados e marginais, de que vez em quando trocam tiros entre si, apavorando os frequentadores.

CRIMINOSA INVERSÃO

Em terra que ninguém manda, cada um manda do seu jeito, porque todos mandam. É o que acontece nessa terra da impunidade, onde, dependendo de quem é o cidadão, sua origem, seus defensores, seus grupos, ele pode cometer ou não algum crime. Por exemplo: motorista trabalhador que protestar e fechar alguma rodovia federal, vai preso. É repreensão na hora. Mas quando é quem se diz sem terra, sem isso, sem aquilo ou dá carteiraços de movimentos populares, aí pode. A mesma lei é para apenas alguns. O que isso estimula? Ora, com tanta impunidade, basta se apresentar como “dimenor”, por exemplo, para cometer os mais terríveis crimes, sem problema algum. Inventou-se “internações” provisórias e não importa se o cara chacinou uma família ou matou dez vezes, quando fizer 18 anos ele sai limpinho”, como se tivesse sido um cidadão de bem.  Deve ser por isso que todos os dias sócio educadores estão sendo agredidos pelos “dimenor”. As vítimas têm que se cuidar, porque se reagirem aos ataques desses criminosos, aí a lei, que é moleza para  bandido, cai com toda a força sobre a cabeça de quem é do bem. Um dia essa vergonha inominável e essa criminosa inversão de valores vai acabar. E não vai demorar muito…

PRESIDENTE INSEPULTO

Pode ser ainda essa semana, mas da outra, certamente, não passa. O PSDB e o DEM vão abandonar o presidente Michel Temer e a tendência é que Rodrigo Maia, o presidente da Câmara Federal, assuma o estante do governo. O discurso vai ser o de que Temer não se sustentava mais no cargo desde a divulgação das gravações divulgadas pelo empresário Joesley Batista, no acordo de delação premiada que fez com o Ministério Público. Com a Rede Globo apresentando um noticiário faccioso, numa luta incansável para derrubar o atual Presidente da República (a História ainda vai contar o porquê disso); sem apoio no Congresso e muito menos nas ruas, onde chegou a índices de rejeição nunca dantes visto em Presidentes, desde o fim do regime militar, Michel Temer é um ex Presidente que insiste em se manter a qualquer custo no cargo. Certamente não terá a grandeza de renunciar, como não a teve Dilma Rousseff. A pá de cal na sepultura política de Temer deve ser colocado ainda nessa semana. O que falta saber é quando e por quem ela será colocada.

A MORTE RONDA O ORGULHO

Em três dias, três jovens assassinados na Capital. Todos na zona leste. Dois deles numa praça esportiva. Mais três vidas perdidas para a violência. O assassinato registrado nesse sábado, ocorreu no Orgulho do Madeira, um conjunto de prédios com habitações populares, que já abriga quase 15 mil pessoas, mas que não tem praticamente qualquer estrutura de educação, de segurança, de lazer. Não há policiamento na área, onde traficantes já tomam conta de apartamentos e há denúncias de que moradores, temendo por suas vidas, estão deixando seus imóveis recém ganhos e onde os criminosos já estariam tomando conta. O tráfico de drogas já é um problema grave na região e os criminosos, sem serem molestados, vão espalhando seus tentáculos, desesperando muita gente do bem que sonhou com a casa própria durante toda a vida e que agora, quando conseguiram, correm o risco de morte todos os dias. Não tem mais como empurrar com a barriga: a PM tem que se instalar por lá, urgente…

PERGUNTINHA

Você sabia que em algumas horas neste sábado, o Brasil teve três Presidentes da República ao mesmo tempo, com Temer voltando da Alemanha; Rodrigo Maia voltando da Argentina e Eunício Oliveira, que estava substituindo os dois?

Comentários

comentários