Projeto de Lei nº 639/17 que prevê a utilização de produtos de origem orgânica na alimentação escolar, de autoria do deputado estadual Lazinho da Fetagro (PT), foi aprovado pela Assembleia Legislativa, e aguarda sanção do governador do Estado.

O deputado ressalta que é essencial que na alimentação das escolas o acesso a alimentos orgânicos seja assegurado, uma vez que, diante dos fatos reais dos índices de contaminação por agrotóxicos nos produtos convencionais, o alimento orgânico se tornou a melhor opção para o cidadão. “Uma boa alimentação é sem dúvida uma garantia de menos doença, o que traz economia ao Estado, às famílias e maior rendimento nas escolas”, diz.

A aquisição dos produtos de origem orgânica deverá ser adquirida especialmente da agricultura familiar e no município onde esteja localizada a unidade educacional, bem como de cooperativas e associações de produtores da agricultura familiar, sempre atendendo aos critérios de exigências de controle de qualidade e que comprovem a utilização de técnicas específicas da produção orgânica e de sustentabilidade.

O deputado destaca que no campo há um grande potencial no que se refere a alimentos da agricultura familiar.

Comentários

comentários