O evento será totalmente custeado pela iniciativa privada e a expectativa é atrair em torno de 10 mil turistas das cidades de Porto Velho (RO) e Rio Branco (AC)

O Tradicional Festival de Fortaleza do Abunã será retomado nos dias 1º e 2 setembro. A expectativa é que o evento possa impulsionar a economia da vila, por meio do consumo de alimentos, bebidas e hospedagem nas pousadas. De acordo com o presidente da Fundação Cultural de Porto Velho (Funcultural), Antônio Ocampo, toda a comercialização de produtos e serviços será feita somente pelos moradores.

“Faremos uma força tarefa para cadastrar os moradores que irão trabalhar com o comério. Toda a logística será coordenada por uma comissão de moradores que acompanhá todas as tratativas em torno da realização do Festival. Não será permitido a prática de vendas de produtos por  pessoas que não tem nenhuma relação com a vila, pois nossa intenção é de que o retorno financeiro fique com as famílias que lá residem”, destacou Ocampo.

O Secretário da Semdestur, Júlio César, reforçou que esta é uma forma da prefeitura contribuir com a localidade. “Além de reviver este momento, pois durante muitos anos ficamos sem realizar o Festival, teremos a oportunidade de fomentar o comércio  e o turismo da região, bem como valorizar o distrito de Fortaleza do Abunã”, ressaltou.

O prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, afirmou que a meta da prefeitura é tornar o Festival autossuficiente. “Quando envolvemos a comunidade despertamos o sentimento de pertencimento, resgatamos a identidade local da população. A intenção é que esse seja um legado dessa admistração, pois fornecerá a comunidade os conhecimentos necessários para perpetuar esta tradição local”, falou.

Francisco Nunes, administrador do distrito de Fortaleza do Abunã, informou que a expectativa dos moradores é grande em relação ao retorno do evento. “Estamos contando com a participação da população de Porto Velho e Rio Branco. Todos serão muito bem recebidos para aproveitar estes dois dias de Festival”, pontuou.

O evento será totalmente custeado pela iniciativa privada, cabendo a prefeitura apoio na organização do evento. O vereador Aleks Palitot, frisou que “é fundamental a parceria público-privada no desenvolvimento de ações que beneficiem a população portovelhese”, disse.

A Funcultural terá ainda a parceria das secretarias de Meio Ambiente, Saúde, Educação, Esporte e Lazer, Serviços Básicos, Obras Públicas,Turismo, Transporte e Trânsito, além da Defesa Civil Municipal, Emdur, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar.

O festival contará este ano com a participação de dois conjuntos musicais que tocarão repertório diversificado durante as duas noites. “A prefeitura está dando todo apoio na infraestrutura à retomada desse que é um dos principais eventos culturais e turísticos de Porto Velho, agora incluindo a comunidade, em sua realização”, concluiu Ocampo Fernandes.

Comentários

comentários