Decreto não abrange as atividades essenciais como os serviços de saúde

O prefeito de Porto Velho, dr Hildon Chaves, decretou ponto facultativo nos órgãos da administração direta, indireta, autárquica e funcional do Poder Executivo municipal, na sexta-feira, dia 8, após o feriado do Dia da Independência, comemorado na quinta. O expediente voltará ao normal nos órgãos municipais na segunda-feira (11).

De acordo com o decreto, publicado no Diário Oficial do Município (DOM), edição eletrônica da última segunda-feira (4) apenas os órgão cujos serviços não admitam paralisação, por serem considerados essenciais, estão excluídos do decreto.

A exclusão é necessária para assegurar à população a oferta de serviços nas áreas da saúde — unidades de urgência e emergência —, infraestrutura, como drenagem, asfalto e tapa buracos e ainda fiscalização e segurança do trânsito, entre outros.

Para isso a Semusa, Semusb e Suop, vinculadas a Semisb e a Semtran deverão organizar turnos de revezamento, a fim de que não haja a interrupção dos serviços prestados à comunidade por essas repartições municipais.

Fonte: Gabinete

Comentários

comentários