O Deputado Estadual Léo Moraes se reuniu, mais uma vez, para discutir a Patrulha Maria da Penha. A proposta consiste no monitoramento da Polícia Militar, por meio de uma equipe preparada, para garantir a segurança de mulheres vítimas de violência doméstica.

 

“Conseguimos finalizar a discussão e ficou definido nosso apoio para aquisição de tablets, notebooks e armas não letais para o grupamento do 5º Batalhão, responsável por esse projeto.” Explicou Léo.

 

A patrulha presta acompanhamento às mulheres que receberam medidas protetivas pelo Judiciário, determinadas pela Lei Maria da Penha, por meio da realização de visitas periódicas às mulheres vítimas de violência doméstica, nos casos em que o agressor volte a praticar o mesmo crime.

 

Na oportunidade Léo ressaltou a importância do projeto e a necessidade de implantação imediata na capital e em outros municípios de Rondônia. Além do parlamentar, participaram da reunião representantes da Defensoria Pública do Estado, membros do partido das Divas Empoderadas e Capitão Pontes.

 

Segundo dados do mapa da violência 2017, comparando-se ao cenário nacional, Rondônia concentra números altos de feminicídio.

 

“É realmente um absurdo que as mulheres sejam colocadas em uma situação de desrespeito e vulnerabilidade. Acredito que a violência contra a mulher é uma das faces mais obscuras do ser humano. Vamos lutar para mudar esta realidade em nosso estado e fazer com que nossas rondonienses se sintam amparadas, acolhidas e protegidas.” Concluiu Léo.

Comentários

comentários