Uma operação de segurança preventiva foi deflagrada neste domingo (12), na Penitenciária Regional de Rolim de Moura, com a participação de 57 agentes penitenciários. Teve início às 5 horas da manhã e seguiu até 11 horas com procedimentos de revistas nas celas com foco na apreensão de drogas e de aparelhos celulares.

O gerente regional, Marco Aurélio Rodrigues, que acompanhou as ações, informou que não foram encontrados drogas nem celulares, o que, segundo o mesmo, reflete o resultado das revistas de rotina que passaram a ser executadas diariamente pelos servidores da unidade.

As operações ‘surpresas’, que vêm sendo realizadas pela Secretaria de Estado da Justiça (SEJUS) – com ações operacionais coordenadas pelos agentes penitenciários do Grupo de Ações Penitenciárias Especiais (GAPE), apoiados pelos agentes que atuam nas unidades -,  visam a manutenção da ordem nos estabelecimentos prisionais. Não seguem uma programação com datas e horários definidos, já que pretendem surpreender, desarticular possíveis planos de fuga,  mobilização de motins, além de coibir o tráfico de drogas.

Comentários

comentários