A 3ª Vara Criminal de Porto Velho cada vez mais destaca-se por suas boas práticas quanto ao uso da tecnologia em prol de atividades jurisdicionais. A novidade agora é que ela passará a fazer a lista de transmissão das pautas de audiência e as sentenças prolatadas para o público externo em geral, em particular para as partes, advogados e estudantes de Direito. O objetivo é facilitar o acesso das pessoas interessadas nas audiências.

Se ficou interessado em participar da lista de transmissão é necessário fazer uma solicitação, enviando apenas uma mensagem com seu nome para o número (69) 99939-9058.

Essa prática inovadora passou a fazer parte da rotina no Poder Judiciário de Rondônia (PJRO) quando, no dia 31 de agosto de 2017, pela primeira vez, uma chamada de vídeo fora utilizada para a realização de uma oitiva feita pelo juiz Franklin Vieira dos Santos, titular da 3ª Vara Criminal de Porto Velho, durante audiência de um processo de furto.

Para o juiz Franklin Vieira dos Santos, as boas ideias são sempre bem-vindas e deve-se sempre buscar o melhoramento. “A minha preocupação é sempre entregar a prestação jurisdicional de forma mais rápida possível e com a segurança necessária em busca da verdade. Toda alternativa que me pareça viável eu testo e aquelas que dão certo eu dou continuidade”, revelou o magistrado.

Prêmio Innovare

Por ter conseguido boa visibilidade no cenário do Poder Judiciário e por aliar o uso da tecnologia às rotinas de trabalho é que a 3ª Vara Criminal de Porto Velho concorre ao prêmio Innovare 2018. O case já está em fase de avaliação pela comissão julgadora do concurso que premia as iniciativas relevantes do Poder Judiciário Nacional.

O Innovare identifica, divulga e difunde práticas que contribuam para o aprimoramento da Justiça no Brasil. A comissão julgadora do prêmio é formada por ministros do STF e STJ, desembargadores, promotores, juízes, defensores, advogados e outros profissionais de destaque que contribuem para o desenvolvimento do Poder Judiciário.

 

Assessoria de Comunicação Institucional

Comentários

comentários