O carro modelo Cronos Sedan, de cor branca, placa NXT 4484 de propriedade da ex-BBB Gleici Damasceno está desde a noite de 19 de agosto encostado no pátio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), apreendido não por ter se envolvido num acidente que acabou levando o ciclista Francisco de Assis Almeida de Lima, de 38 anos, a parar no Pronto-Socorro de Rio Branco, quando o seu ex-namorado, o também ex-BBB Wagner Santiago, conduzia o veículo, mas sim por estar com Imposto sobre Propriedades de Veículos Automotores (IPVA) no valor de R$ 1.274,64 e Taxa de Licenciamento de R$ 126,93 atrasados desde os meses de fevereiro e abril deste ano, respectivamente.

ac24horas obteve fotos exclusivas mostrando o carro de Gleici, ganhadora de R$ 1,5 milhão da edição 2018 do reality show da Rede Globo. O veículo fez parte também de uma premiação que a acreana ganhou na casa mais vigiada do país e foi entregue a ela em julho de 2018. A reportagem apurou também que além do problema de imposto e taxas não pagos, o veículo da ex-BBB tem pelo menos 11 multas de trânsito, a maioria por excesso de velocidade, sendo duas registradas em Rio Branco e outras 9 registradas numa rodovia federal no Rio de Janeiro.

Segundo levantamento da reportagem, as duas multas adquiridas no Acre foram aferidas em Rio Branco. Uma foi registrada no dia 28 de agosto de 2018, por excesso de velocidade, registrada por um radar. O valor da infração é R$ 911, 84, sem detalhamento. Já a outra infração ocorreu em fevereiro de 2019, no dia 12, na Avenida Chico Mendes, próximo ao Taquari, porém a infração foi assumida por Johnathan Lima da Silva que foi autuado com 7 pontos na carteira por avançar o sinal vermelho. O valor da multa é de R$ 293,47.

Já as demais multas ocorreram no Rio de Janeiro, na BR-316, por excesso de velocidade. A reportagem apurou que somente em um dia, o carro de Gleici foi autuado por radares oito vezes, no dia 1 de outubro de 2018, em vários trechos da rodovia. Cada uma dessas infrações registrou 5 pontos, porém o motorista não foi identificado. Proprietária do veículo, Gleici ainda é permissionária e não poderia ser multada no prazo de um ano até ser obter a CNH definitiva. Cada infração registrada no Rio registrou multa de R$ 156. As infrações ainda estão no prazo para recurso.

acidente envolvendo Wagner e o ciclista não consta no sistema do Detran ainda. O ac24horas procurou Gleici e sua assessoria em busca de um posicionamento, mas até o fechamento desta matéria não obteve resposta. O jornal deixa o espaço aberto caso os envolvidos queiram se manifestar. A reportagem foi informada que a ex-BBB está no Estado de São Paulo fazendo alguns trabalhos publicitários.

Comentários

comentários