O que se busca é sanar a falta de profissionais, em especial médicos nas unidades básicas de saúde

Com intuito de melhorar o atendimento de saúde na capital, o prefeito Hildon Chaves providenciou a contratação emergencial de profissionais da área. “Serão 226 profissionais que atuarão em distritos como Calama, São Carlos, Nazaré, além de Porto Velho, nas funções de clínico geral, médico veterinário, enfermeiros e técnicos em enfermagem”, reforçou o prefeito.

O edital de convocação para contratação emergencial dos profissionais classificados foi uma determinação do prefeito Hildon Chaves com o intuito de sanar a falta de profissionais, em especial médicos nas unidades básicas de saúde.

A Prefeitura já contratou 89 novos servidores dos contratos emergenciais, sendo 24 médicos de 20 horas; um médico de 40 horas; três médicos veterinários; nove agentes comunitários de saúde; 24 técnicos de enfermagem; 18 enfermeiros; um técnico em higiene dental; sete odontólogos e dois terapeutas ocupacionais.

Todos fazem parte do contrato emergencial que tem duração de seis meses e com possibilidade de prorrogação por mais seis meses. O prazo final é dia 30 de janeiro para que sejam feitas todas as contratações.

Comdecom

Comentários

comentários