“A Prefeitura de Vilhena está em dia com o cronograma de pagamento à empresa que aplicou as provas do concurso público realizado no município em dezembro de 2019”, afirma o secretário municipal de Administração, Welliton Oliveira Ferreira, que estranhou a comunicação enviada pelo Ibade (Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo) aos seus colaboradores na quinta-feira, 16, na qual prorroga para o dia 31 deste mês o pagamento das pessoas que trabalharam na realização do concurso de Vilhena. Segundo a empresa, a prorrogação seria “devido ao atraso dos órgãos públicos”. E em seguida ainda alega estar “com uma grande dificuldade para receber”.

Mas, de acordo com Ferreira, “essas informações da nota do Ibade não procedem porque a Prefeitura de Vilhena está cumprido o contrato à risca”. Pelos termos da cláusula 8, do contrato nº 098/2019, o valor total pela realização do concurso será repassado à contratada dividido em três parcelas. O pagamento da primeira parcela, no valor de 30% do total, só pode ser efetuado após a 3ª fase do concurso, que são as provas práticas, previstas para serem aplicadas ainda nos próximos dias 1, 2 e 3 de fevereiro.

A segunda parcela, também no percentual de 30% do valor total, só poderá ser paga após a 4ª fase do concurso, que é a avaliação das provas práticas e divulgação da classificação. Ainda seguindo o contrato, o pagamento da última parcela, no percentual de 40% do valor total, só poderá ser pago após a 5ª fase do certame, que é a divulgação dos resultados finais e encerramento do concurso.

Por conta da nota incorreta enviada pelo Ibade aos fiscais contratados para a aplicação das provas do certame, a Secretaria Municipal de Administração (Semad) notificou o instituto, cobrando esclarecimentos. O ofício da Semad foi encaminhado por e-mail à contratada na manhã desta sexta-feira, 17. “É inadmissível esse tipo de acusação falsa, pois a Prefeitura está cumprindo rigorosamente todos os prazos, cronograma de pagamento, receitas, deveres e obrigações, conforme contrato”, diz o secretário. “Embora o município de Vilhena não tenha sido mencionado explicitamente nos e-mails enviados pelo Ibade aos seus colaboradores, o fato está levando a especulações e gerando críticas indevidas à Prefeitura, que não está com nenhum pagamento atrasado para o Ibade.”

O titular da Semad ainda destaca que o concurso está sendo realizado de forma totalmente transparente e ilibada. “Estamos seguindo o que foi estipulado no contrato, de modo que o pagamento irá acontecer, pontualmente, não havendo motivos para cobranças”, conclui.

RESULTADOS PRELIMINARES – Os resultados preliminares do concurso da Prefeitura de Vilhena e do Sistema Autônomo de Água e Esgotos (Saae) saíram na quarta-feira, 15, e podem ser consultados através dos seguintes links: bit.ly/PreliminarPMV e bit.ly/PreliminarSaae.

Comentários

comentários