Connect with us

Polícia

OPERAÇÃO CARNAVAL: Limite de transito para gargas, embriaguez, ultrapassagens, transporte de crianças, motociclistas e celular serão os alvos da PRF

Published

on

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) lança a Operação Carnaval 2020 à zero hora desta sexta-feira (21) em todo o país. Com duração de seis dias, a operação termina às 23h59 de quarta-feira (26).

Entre os focos da fiscalização da PRF estão condutas irregulares como embriaguez ao volante, ultrapassagens proibidas, transporte seguro de crianças, motociclistas e o uso do celular.

Policiais rodoviários federais que atuam em áreas administrativas irão reforçar as ações de policiamento ostensivo.

Na saída para o feriado, o pico do movimento deve se concentrar no final da tarde e início da noite de sexta-feira (21), e na manhã de sábado (22). O retorno deve ter um maior fluxo entre a tarde de terça (25) e a manhã de quarta-feira (26).

A PRF enviou ofícios às concessionárias de rodovias, solicitando que eventuais obras sejam paralisadas durante o feriado prolongado, à exceção daquelas emergenciais ou que não possam ser interrompidas.

Veículos de carga com dimensões ou pesos excedentes estarão impedidos de transitar em trechos de pista simples, das 16 horas às 22 horas de sexta-feira, na manhã de sábado, das 16 horas às 22 horas de terça-feira e na manhã de quarta-feira.

Alerta
Desatenção, ingestão de bebidas alcoólicas e desobediência à sinalização foram as causas dos acidentes com mortes atendidos pela PRF durante o Carnaval de 2019. Metade das mortes se deram em colisões frontais, resultado de ultrapassagens mal realizadas ou em locais proibidos.

Dicas para uma viagem segura
Respeitar os limites de velocidade, manter distância de segurança em relação aos outros veículos, ultrapassar apenas quando houver plenas condições de segurança e não desviar a atenção do trânsito. Estas são algumas das principais orientações da PRF para reduzir o risco de acidentes.

A PRF também orienta os usuários de rodovias, mesmo antes de viagens curtas, a fazer uma revisão preventiva do veículo, o que inclui a checagem dos pneus, do sistema de iluminação, dos equipamentos obrigatórios, do nível do óleo e do radiador, entre outros itens.

Também é fundamental planejar a viagem, buscando evitar, na medida do possível, os horários de pico. Dirigir cansado ou com sono aumenta o risco de o motorista cometer erros. A cada três ou quatro horas de viagem, é recomendável uma pausa para descanso ou revezar a direção do veículo.

ocombatente com informações PRF

Comentários

comentários

Polícia

Polícia Federal deflagra Operação Quarta Parcela em Ji-Paraná

Published

on


A Operação Quarta Parcela, no combate incessante contra fraudes ao Benefícios Emergenciais, disponibilizados pelo Governo Federal à população carente.

A Polícia Federal deflagrou, na data de hoje (04/03/2021), a Operação Quarta Parcela, no combate incessante contra fraudes ao Benefícios Emergenciais, disponibilizados pelo Governo Federal à população carente.

A presente operação policial é fruto do trabalho conjunto da Polícia Federal, Ministério Público Federal, Ministério da Cidadania, CAIXA, Receita Federal, Controladoria-Geral da União e Tribunal de Contas da União, Instituições que participam da Estratégia Integrada de Atuação contra as Fraudes ao Auxílio Emergencial (EIAFAE).

Os objetivos da atuação conjunta e estratégica são a identificação de fraudes massivas e a desarticulação de organizações criminosas que atuam causando prejuízos aos programas assistenciais e, por consequência, atingindo a parcela da população que necessita desses valores.

Estão sendo cumpridos, na data de hoje 28 Mandados de Busca e Apreensão e 07 Mandados de Sequestro de Bens, perfazendo um total de mais de R$ 170 mil bloqueados por determinação judicial. Estão participando da deflagração 97 Policiais Federais nos Estados do Amazonas, Bahia, Goiás, Mato Grosso, Paraná, Rondônia, Maranhão e São Paulo.

Verificou-se que um dos investigados cometia outros crimes de fraudes eletrônicas com clonagem de cartão de crédito e compras pela internet. Seguindo todos os protocolos de cuidados do Ministério da Saúde, a Polícia Federal prossegue com a realização de ações em prol da sociedade.

Comentários

comentários

Continue Reading

#Acre

PF investiga esquema de venda de relíquias arqueológicas encontradas no Acre

Published

on

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (5) a “Operação Elona”, que investiga possível prática dos crimes de alteração de locais, em razão do valor arqueológico, venda de materiais arqueológicos e estelionato. Nesse sentido, as investigações tiveram início a partir de notícia de crime, informando a possível comercialização de materiais arqueológicos na internet em plataformas digitais.

De acordo com a investigação, um suspeito, que se auto intitula “caçador de relíquias”, retira do Rio Acre, precisamente, na altura do estirão da Gameleira, materiais arqueológicos, sem autorização para tanto.

Segundo a divisão técnica do Iphan-AC, os objetos e relíquias seriam “garrafas de Stoneware (Grés) do século XIX, além de garrafas de vidro provenientes da Holanda, Irlanda, Inglaterra e Portugal. São materiais de diversos tamanhos e tipologias, que foram trazidas para a região na época da Revolução Acreana e, sobretudo, durante os Ciclos da Borracha, possuindo, portanto, mais de 100 anos e, consequentemente, um grande valor histórico”

Foram cumpridos mandados de busca e apreensão em Rio Branco na residência do investigado, onde foi localizado grande parte do material arqueológico sob investigação. Foi realizada a prisão em flagrante de um indivíduo na posse das relíquias. Os materiais arqueológicos resgatados foram encaminhados ao IPHAN, a qual fará a destinação adequada para a conservação das relíquias.

De acordo com a Polícia Federal, as investigações continuarão em andamento para identificar outros envolvidos no esquema de comercialização ilegal de relíquias arqueológicas.

As condutas investigadas estão previstas, respectivamente, no artigo 63 da Lei de Crimes Ambientais (Alterar local especialmente protegido por lei, em razão de seu valor arqueológico, sem autorização da autoridade competente) e Estelionato – Art. 171, §2º, inciso I do Código Penal (Venda de materiais arqueológicos como própria).

Comentários

comentários

Continue Reading

Polícia

Feriadão de Ano Novo teve registro de uma morte nas rodovias federais em Rondônia

Published

on

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Rondônia divulgou na manhã desta terça-feira (5), os números referentes a Operação Rodovida, etapa Ano Novo.

Durante cinco dias (30/12/20 a 3/1/21), foram realizados 16 Comandos de policiamento específicos (equipamentos obrigatórios, motocicletas, ultrapassagem em local proibido) resultando na fiscalização efetiva de 1.244 veículos e 2.308 pessoas.

Os acidentes diminuíram consideravelmente. Na virada dos anos 2019/20, foram registrados 32. Já neste feriado houve 9 ocorrências, totalizando uma redução de 72%.

O número de feridos e de mortes também apresentou queda expressiva. No ano passado, 65 pessoas tiveram lesões e 6 morreram em decorrência de acidentes de trânsito nas rodovias federais em

Rondônia. Já em 2020/21, o número de feridos foi de 11 pessoas e 1 pessoa perdeu a vida. A redução em ambos os índices foi de 83%.

Na área criminal, 16 pessoas foram detidas, sendo dessas 4 por crime de trânsito. Houve também a recuperação de 5 veículos e a apreensão de quase 2 kg de cocaína.

Comentários

comentários

Continue Reading
Advertisement

CADASTRE-SE

Newsletter

* indicates required

Trending