O Ministério da Justiça decidiu nesta sexta-feira (21) pela prorrogação do emprego da Força Nacional de Segurança Pública, em apoio ao Departamento Penitenciário Nacional, por mais 180 dias na Penitenciária Federal de Porto Velho.

Em portaria assinada pelo ministro Sergio Moro, o MJ estabelece que o contingente a ser disponibilizado obedecerá ao planejamento definido pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública.

No presídio federal de Porto Velho, de segurança máxima, estão alguns dos presos mais perigosos do Brasil e líderes de facções.

Comentários

comentários