Os efeitos colaterais do uso do álcool gel na pele e a opção por outros desinfetantes foram algumas das dúvidas da sociedade enviadas para a campanha “Pergunte aos Cientistas”, da UFPR. A dica é priorizar lavar as mãos com água e sabão quando estiver em casa e usar o álcool 70% líquido ou gel somente quando estiver na rua.

“Ainda, para evitar o ressecamento das mãos, depois de secá-las, use um hidratante, que ajuda devido à sua capacidade de retenção de água na epiderme, restaurando a barreira cutânea e prevenindo irritações”, orientam. Quanto ao uso de outros desinfetantes, como o Lysoform e a água sanitária, estes não são indicados para higienizar as mãos.

Comentários

comentários