Doação é fruto da parceria Fundação André e Lucia Maggi (FALM) e Sistema Fecomércio Sesc/Senac, via Programa Mesa Brasil

A Prefeitura de Porto Velho, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Família (Semasf), recebeu a doação de 1.100 cestas básicas, proveniente da parceria da Fundação André e Lucia Maggi (FALM), que gere a campanha online do Fundo ‘Um Por Todos e Todos Contra a Covid-19’ e o Sistema Fecomércio Sesc/Senac, via Programa Mesa Brasil Sesc. O quantitativo foi doação da empresa Amaggi ao Fundo.

As 1.100 cestas básicas doadas à prefeitura serão distribuídas pelos Centros de Referência de Assistência Social (Cras), da Semasf, às famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade e insegurança alimentar e nutricional, nesse momento de pandemia e prevenção à Covid-19.

O Fundo ‘Um Por Todos e Todos Contra a Covid-19’, é formado por uma rede que conecta doadores (pessoas físicas e jurídicas) a organizações sociais na linha de frente de apoio às famílias que mais necessitam receber alimentos e outros tipos de auxílio em função dos impactos socioeconômicos da atual pandemia.

Todos os interessados em se juntar à iniciativa poderão realizar doações online, por meio do site www.umportodos.org.br. Os recursos doados são geridos pela Fundação André e Lucia Maggi (FALM).

O Sistema Fecomércio Sesc / Senac, em Rondônia, operacionalizará a logística de entrega das cestas doadas pela Fundação André e Lucia Maggi (FALM), contemplando organizações sociais cadastrados no Programa Mesa Brasil Sesc e os Centros de Referência de Assistência Social (Cras), que em ação conjunta, oferecem serviços de assistência social às famílias em situação de vulnerabilidade.

A secretária adjunta da Semasf, Ana Maria Negreiros, agradeceu a Fundação André e Lucia Maggi (FALM), “por essa ação de amor e solidariedade humana às famílias vulneráveis de Porto Velho e a toda a equipe do Programa Mesa Brasil Sesc, que possibilitou essa doação que atenderá 1.100 famílias vulneráveis por meio dos Cras, nesse momento difícil de pandemia que enfrentamos no momento”.

Comdecom

Comentários

comentários