Presidente da Câmara de Vereadores de Rolim de Moura Lauro Lopes

Prefeito “tampax” Lauro Lopes perde o controle da Pandemia e casos de Coronavírus saltam de 20 para 150 em Rolim de Moura

A população da cidade de Rolim de Moura, está apavorada com o grande aumento de casos de Coronavírus – COVID-19 no município, que saltou de 20 para 150 casos positivos.

O município vive um momento de total descontrole na Administração Municipal. Moradores da cidade relatam que o prefeito Luiz Ademir Schock, conduzia corretamente a gestão e o controle ao enfrentamento do Coronavírus.

No dia 25 de maio, Luiz Schock, foi cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia – TRE/RO e o presidente da Câmara, Lauro Lopes Franciele , assumiu o cargo de prefeito “tampax”.

Nessa data a cidade contabilizava apenas 20 casos confirmados da doença, pois várias medidas haviam sido adotadas para controle.

Entre os dias 01 a 09 de junho, já na gestão do prefeito Lauro Lopes, Rolim de Moura ficou em primeiro lugar com maior ritmo de crescimento da contaminação com 120 casos positivos ou seja 263,64% de aumento.

Para assustar ainda mais a população, em menos de 24 horas, no dia 10 de junho o município contabilizou mais 30 casos chegando a 150 casos positivos.

O município está hoje em oitavo lugar no Estado com maior número de casos confirmados.

Aparentemente o prefeito “tampax”, Lauro Lopes Franciele, perdeu o controle no enfrentamento a pandemia e está colaborando para transformar um dos principais municípios do Estado de Rondônia em um verdadeiro viveiro de Coronavírus.

A inercia do novo prefeito é comprovada com a exoneração há mais de 15 dias de diversos titulares das pastas municipais, Secretarias de Obras, Meio Ambiente, Administração, Fazenda e Assistência Social estão sem líderes que possam conduzir o município no caminho certo.

Moradores de Rolim de Moura reclamam que a Farmácia Municipal, que atendia nos dois períodos (matutino e vespertino), passou a atender apenas no período matutino.

O OCOMBATENTE.COM tentou contato para esclarecimentos junto a Assessoria de Imprensa do Município e foi informada que o mesmo foi exonerado do cargo, ou seja, a prefeitura está sem um responsável pela comunicação com a imprensa local.

Comentários

comentários