Os testes da candidata à vacina contra à Covid-19 desenvolvida em conjunto pela Universidade de Oxford e pela farmacêutica Astra Zeneca foram suspensos temporariamente, conforme anunciou a empresa nesta terça-feira (8). A AstraZeneca disse que a decisão foi tomada após um dos voluntários no Reino Unido apresentar “efeito adverso grave”.

“Como parte dos ensaios clínicos randomizados e controlados da vacina contra o coronavírus de Oxford, em andamento, nosso processo padronizado de revisão foi acionado e nós pausamos voluntariamente a vacinação para que nossos dados de segurança sejam revisados por um comitê independente”, informou a farmacêutica.

Comentários

comentários